Bracelete rouba a cena no leilão da eterna “Bonequinha de Luxo”

Por Débora Rodrigues


Objetos da coleção pessoal de Audrey Hepburn foram leiloados em Londres na semana passada e resgataram o frisson em torno de um dos filmes mais glamorosos e icônicos de Hollywood. O roteiro do cult “Bonequinha de Luxo”, com notas escritas a mão pela atriz, foi o item mais caro do leilão. No entanto, uma joia roubou a cena. A estrela da noite foi o bracelete da joalheria Tiffany, que o cineasta americano Steven Spielberg deu de presente à atriz.

A peça, que traz a inscrição: “Você é minha inspiração. Sempre, Steven”, tinha preço estimado entre 3 e 5 mil libras, mas acabou sendo comprado por cem vezes mais: nada menos que 332.750 libras (445.000 dólares, 378.000 euros). Feita em ouro 18k, o bracelete é um modelo tradicional, mas atingiu esse valor exorbitante em função da importância histórica da atriz e do diretor de cinema.

Adrian Hume-Sayer, diretor do departamento de coleções privadas da Christie’s, organizadora do evento, disse que ficou feliz com a resposta que conseguiu com o leilão feito com as peças disponibilizadas pelos filhos da atriz, que morreu vítima de câncer em 1993 aos 63 anos. Além de vestidos, casacos, óculos de sol, luvas quem visitou o site encontrou outras joias exclusivas de uso de Audrey, considerada uma das mulheres mais elegantes da história do cinema mundial.

Não existem comentários ainda

Comentar

Seu email não será publicado