Diamantes e metais de joias serão rastreados

IBM fez parceria para criar uma plataforma que rastreia e autentica diamantes e metais preciosos em toda a cadeia produtiva

Por Débora Rodrigues

A segurança tem sido uma das preocupações da indústria mundial de joalheria. E as novidades nessa área não param. Agora, a IBM fez uma parceria com membros da indústria do setor joalheiro para criar uma plataforma blockchain que visa melhorar a rastreabilidade e também segurança das negociações de joias.

A gigante da tecnologia trabalhará com a varejista Helzberg Diamonds e com a fabricante de joias Richline Group, que são subsidiárias da Berkshire Hathaway, de Warren Buffett para lançar a iniciativa “Trust Chain Initiative”. A iniciativa ainda contará com a UL, um grupo de verificação de produtos terceirizados.

A IBM Blockchain Platform dará força à iniciativa, que operará no IBM Cloud. Um blockchain é um registro digital permanente de transações que permite que as empresas com acesso ao sistema obtenham dados confiáveis. A TrustChain rastreia e autentica diamantes e metais preciosos em toda a cadeia de suprimentos, até que a peça de joalheria seja acabada. Inicialmente, para testar o funcionamento da plataforma, serão rastreados seis anéis de noivado de diamante e ouro, com esses produtos sendo disponibilizadas aos consumidores nas lojas de varejo participantes até o final de 2018, disse a IBM em um comunicado à imprensa.

Cerca de 66% dos consumidores globais estão dispostos a gastar mais em apoio a marcas sustentáveis, observou a IBM, citando uma pesquisa de 2015 da Nielsen Company. “TrustChain é um exemplo de como a plataforma  blockchain está transformando indústrias através da transparência e novos modelos de negócios viáveis que beneficiam especificamente o consumidor”, disse Bridget van Kralingen, vice-presidente sênior de indústrias globais, plataformas e blockchain da IBM. “Os consumidores se preocupam com a qualidade e a origem das joias que compram.”

“A TrustChain é a primeira blockchain desse tipo em nossa indústria mundial, projetada como uma solução que une a tecnologia líder da IBM com terceirização, verificação e controle responsáveis por organizações terceirizadas, liderada pela UL como administradora”, disse Mark Hanna, chefe da Richline. diretor de marketing.



Não existem comentários ainda

Comentar

Seu email não será publicado