Joalheria engajada

Ideal Woman jewelery ajudará na capacitação de refugiados em todo o mundo

O ativismo social cada vez cresce mais entre as joalherias. A Ideal Woman jewelery, marca de joias que abraça a causa feminina em suas criações, associou-se à The Unmentionables, uma organização internacional sem fins lucrativos de saúde, para ajudar a capacitar as mulheres refugiadas em todo o mundo.

Em parceria, ambas criaram o colar Soheila, uma peça com edição limitada cujas vendas terão 50% dos lucros destinados diretamente ao programa educativo da comunidade dos Unmentionables. Soheila é o nome da mãe, educadora e uma das milhões de mulheres refugiadas que encontram sua voz dentro do Programa Educador Comunitário e ali se formou para ajudar novas mulheres pelo mundo.

O programa prepara os refugiados para ensinar saúde sexual e reprodutiva às suas próprias comunidades, freqüentemente usando seus próprios idiomas. Ganhando salários justos, os graduados se tornam educadores comunitários.

Há 75 colares Soheila exclusivos e os rendimentos obtidos com a venda vão diretamente para treinamento das mulheres refugiadas. A peça traz um pingente com diamante e corrente ajustável em ouro amarelo. E o comprador terá a certeza de que levará um diamante oriundo de local sem conflito. “O programa Educador Comunitário não só treina mulheres refugiadas e migrantes sobre a saúde, mas também as capacita-as para ensinar outras pessoas em suas próprias comunidades”, diz Allie Pohl, criadora da Ideal Woman. “Este programa ajuda a fornecer ferramentas para que elas se sintam mais bem informadas”. Para ela, “a educação é uma forma de empoderamento”.



Não existem comentários ainda

Comentar

Seu email não será publicado