Maioria dos consumidores não compra antes de consultar a internet

Gabriel Moura

Um estudo realizado pela Boston Consulting Group (BCG), “Varejo no Brasil: a influência do digital sobre o consumo”, mostra que internet é decisiva para que o consumidor compre. Ele apontou que de 60% a 70% das buscas feitas em sites, redes sociais e no Google têm o propósito de pesquisar e encontrar marcas, serviços, preços, produtos e lojas online.

As redes sociais como o Facebook, Instagram e até o aplicativo WhatsApp também são usados por 70% dos entrevistados para expressar as opiniões de pós-compra, tanto positivas quanto negativas. A pesquisa ouviu 2.500 pessoas, questionando sobre suas atividades online. O impacto desse comportamento é visto como expressivo e a tendência é que se intensifique nos próximos anos. A população urbana, com renda e escolaridade mais altas, é a que mais consulta a internet.

O quanto os consumidores consultados sofrem influência da internet varia conforme seu perfil. A pesquisa para mostrar os hábitos de compra online destacou, entre os diferentes perfis, dois que mais utilizam as ferramentas na hora de comprar: casais antenados e a geração dos nascidos na era da internet. Ambos somam 50 milhões de pessoas, ou seja, 25% da população. Esses grupos destacam a internet eficaz antes de comprar pois encontram variedade, conveniência e possibilidade de interação.

Outra variação apontada diz respeito à categoria do produto ou serviço que motivam a busca. Quando preço e escolha interferem na escolha do produto, apenas 13% dos consumidores compram usando o e-commerce. No entanto, 90% deles fazem pesquisas comparativas on-line para avaliar produtos como celulares, eletroeletrônicos e computadores. Já produtos das áreas de Saúde e Beleza, por exemplo, nota-se que o preço não oferece forte influência na decisão de compra. Aqui, o engajamento com a marca é alto, assim como a frequência de reabastecimento.

Se você quiser ter acesso à pesquisa na íntegra, entre no link abaixo:

http://image.bcg-email.com/lib/feca167375620574/d/1/BCG_Varejo%20no%20Brasil_Influencia%20do%20Digital%20no%20Consumo_Dez%202015.pdf

Não existem comentários ainda

Comentar

Seu email não será publicado