Mapear habilidades

Mapear habilidades

 

A consultora do Sebrae acredita que o funcionário precisa receber atenção do seu empregador, já que será ele quem definirá o perfil de quem quer em sua empresa. “Acho importante mapear as competências e habilidades que ele julga necessárias já no processo de seleção, criar um processo de valorização e recompensa de toda equipe de venda, porque ela trabalha sob motivação”, avalia Silmara. “Nesse momento é fundamental que os líderes mantenham a sua equipe motivada, mostrando, que apesar dos tempos difíceis, os bons funcionários serão reconhecidos” diz Carmen. E vender exige humildade e aprendizado. “Para ser um bom vendedor é preciso ser uma pessoa melhor: precisa ter a humildade de ver os próprios erros e coragem para consertar as falhas que comete com clientes e colegas de trabalho”, recomenda Carmen. “Quando buscamos evoluir conseguimos fazer o melhor uso do nosso conhecimento e enxergamos melhores oportunidades de vendas”. Por isso os treinamentos não podem ser apenas técnicos.

Para a consultora do Sebrae, não basta dominar tudo sobre o produto se o funcionário não sabe como abordar o cliente, perceber quais são as suas expectativas e atender com presteza. “É importante que ele seja treinado para uma abordagem eficaz e completa”. E com o tempo a equipe de vendas entende que pode sair da rotina do dia a dia e passar a pensar em sua importância dentro da empresa. Ele passa a pensar o que mais pode fazer e como ir além. “É muito fácil para bons funcionários apresentarem números e resultados quando o contexto está favorecendo, entretanto, somente os excelentes funcionários
são capazes de fazer isso durante os períodos de recessão, ou pelo menos, são capazes de abrandar os danos nessa época”, diz Carmen. Mas eles precisam ser reconhecidos e premiados por isso. A criação de estímulos para que os funcionários se identifiquem e se envolvam cada vez mais com a empresa pode elevar em muito a participação e o comprometimento de cada um, provendo resultados muito melhores. Mesmo nesse momento de crise. “Para transmitir de maneira clara seu entendimento de que valoriza seus funcionários, mantendo a equipe motivada, é fundamental que a empresa demonstre esse valor a cada um, que incentive propostas de inovações com redução de gastos, por exemplo, e que recompense aqueles que apresentam ideias e soluções de valia”, finaliza.

 

 

Não existem comentários ainda

Comentar

Seu email não será publicado