Novo papel da mulher na sociedade impulsiona a venda de diamantes

Por Débora Rodrigues

As tendências sociais e econômicas têm ditado regras e estão alimentando a demanda por jóias com diamantes em todo o mundo, segundo apontou o Relatório Diamond Insight 2017 de De Beers. E são três os fatores decisivos que influenciavam como e por que as pessoas compram joias com diamantes: mudanças de dinâmica dentro dos relacionamentos; o crescente papel das mulheres na sociedade e a percepção do significado da feminilidade.

Conforme apontado no relatório, mudanças nas relações familiares e pessoais estão levando as pessoas a comprar mais joias com diamantes. E a cada dia mais elas são presenteadas para simbolizar os mais variados momentos da vida, além daqueles diretamente ligados a datas significativas dentro de um relacionamento.

O CEO do De Beers Group diz que é preciso estar atento a estas mudanças. “A indústria do diamante agora precisa se concentrar no que as consumidoras nos informam sobre o que sentem a respeito dos diamantes e se certificar de que produtos e experiências de compra combinem com suas expectativas”. Ele acrescentou que, ao lado de datas tradicionais dentro dos relacionamentos, as jóias com diamantes foram cada vez mais compradas para celebrar ocasiões como um novo emprego, uma promoção e outras realizações pessoais.

O estudo anual também observou como o aumento da participação e da renda econômica de uma mulher contribuiu para que elas se presenteiem comprando diamantes. Mais de um quarto das jóias de diamantes femininas compradas nos quatro maiores mercados de consumo – EUA, China, Japão e Índia – em 2016 foram adquiridas através de auto compra. Outra questão destacada no relatório é que o conceito tradicional de feminilidade evoluiu e levou os diamantes a serem comprados para simbolizar emoções “não tradicionais”, como otimismo e orgulho.

Bruce Cleaver disse que essas tendências continuarão a impulsionar a demanda global de diamantes e apresentar novas oportunidades para a indústria. “Embora a concessão de jóias com diamantes como símbolo de amor e compromisso continua a constituir a maioria das compras, é encorajador ver essas fontes adicionais de demanda emergir”.

Outras informações da publicação incluíram o fato de que a demanda mundial de consumidores de jóias com diamantes aumentou 0,3%, chegando aos US $ 80 bilhões em 2016. Conforme relatado anteriormente pela Jeweler, a demanda foi impulsionada principalmente pelos EUA, com vendas que excederam US $ 40 bilhões pela primeira vez. O Relatório Diamond Insight baseia-se nos dados e informações da De Beers, bem como em outras fontes da indústria.

Não existem comentários ainda

Comentar

Seu email não será publicado