Os famosos diamantes da Antuérpia

Por Gabriel Moura

Saiba de onde vem essa tradição do mundo do luxo

Todos os anos, joalheiros empresários de todo o mundo se dirigem à Antuérpia, na Bélgica, para comprar diamantes. O que para saber sobre sua tradição no mundo do luxo e dos seus diamantes?

Se falamos em joalheria, podemos considerar que a Antuérpia é a capital mundial do diamante. Entre 60 e 80% de todos os diamantes do mundo são cortados e negociados em Antuérpia. Mas a Antuérpia nem sempre foi a capital do diamante. Até então, Amsterdã era a principal fornecedora, nos anos 1800. Aos poucos a economia da Bélgica cresceu e superou a concorrente.

O Diamond District existe na Antuérpia há mais de 500 anos. São cinco séculos de corte e comércio de diamantes, para garantir que o empresário leve para casa e ofereça aos seus clientes os melhores diamantes do mundo.

Um apontamento do New York Times revelou que por ali passam diariamente oito mil pessoas de 160 países diferentes. Elas visitam 1.800 escritórios diferentes de diamantes e interagem com diamantes no valor de até US $ 95 milhões. Ali são vários idiomas diferentes ouvidos a qualquer momento. Embora o idioma principal falado nesta parte da Bélgica seja holandês, o Distrito do Diamante é tão internacional que as línguas como iídiche, francês e inglês são ouvidas comumente.

Os diamantes ofertados no Diamond District são obtidos de forma ética. Todos cumprem o Processo de Kimberley, que adere a diretrizes de comércio justo e garante que todos os diamantes sejam livres de conflitos.

Algumas pessoas se referem ao Distrito do Diamante como “a milha quadrada”. Esta é uma referência ao tamanho do Distrito do Diamante, que tem a maior concentração de atividades relacionadas ao diamante no mundo. Ali, os comerciantes de diamantes são chamados de diamantaires. Muitos são judeus hassídicos, da Índia, ou originários de outros países. Eles são atraídos para a Antuérpia pelo desejo de vender os diamantes da mais alta qualidade de maneira ética.



Não existem comentários ainda

Comentar

Seu email não será publicado