Significados e histórias das pedras mais cobiçadas

Gabriel Moura

O que torna uma jóia algo de valor inestimável? Talvez, a resposta seja o seu preço, mas algumas peças são mesmo excepcionais por causa do significado que carregam. Mais que uma joia, essas peças elas marcam etapas de nossas vidas que se tornam inesquecíveis – casamento, aniversário, amor, amizades, nascimentos e datas importantes.

E os materiais que compõem uma vêm cheios de histórias também. “A crença nas propriedades sobrenaturais das pedras preciosas remonta além da história registrada”, explica Maria Leach, no Standard Dictionary of Folklore. E você conhece a história por trás de suas pedras preciosas favoritas e seus significados mitológicos?

Rubi
Em sânscrito, a palavra para ruby ​​é ratnaraj  ou “rei de pedras preciosas”. Numerosas culturas acreditavam que os rubis mantêm o poder da vida, por sua cor. Entre as classes superiores europeias, pensava-se que os rubis garantiam boa saúde, riqueza, sabedoria e sucesso no amor.

Lápis Lazuli
Os egípcios acreditavam que ele veio dos céus e forneceu proteção na vida após a morte. Também o usaram para criar cosméticos azuis e, durante o Renascimento, os pintores colocaram a pedra para produzir pigmentos ultramarinos, usados ​​frequentemente para céus e mares.

Esmeralda
De acordo com a lenda, uma esmeralda foi uma das pedras dadas por Deus ao rei Salomão – um presente que dotou o rei de poder sobre toda a criação. Os Incas os usavam em suas jóias e cerimônias religiosas. Alguns até acreditavam que colocar uma esmeralda sob a língua poderia ajudar a ver o futuro, revelar verdades e ser protegido contra os feitiços do mal.

Âmbar
Embora a resina de árvore tecnicamente fossilizada e não seja uma pedra, o âmbar ainda é considerado uma gema. Na mitologia nórdica, Freyja chorou lágrimas que se transformaram em ouro e âmbar quando seu marido estava ausente. Os chineses acreditavam que a âmbar era a alma do tigre transformada após a morte.

Turmalina
De acordo com a lenda egípcia, a pedra encontrou sua variedade de cores quando deixou o centro da Terra e passou por um arco-íris. Alguns xamãs africanos e australianos acreditavam que eles eram pedestres que poderiam localizar fontes de problemas, fornecer informações e sugerir direção para o bem. Em inúmeras culturas, a turmalina negra foi acreditada para proteger contra a magia negra, e os nativos americanos deram certas máscaras da pedra como presentes funerários.

Diamante
Diamantes são as únicas pedras preciosas compostas por um elemento puro, o carbono, cujas moléculas se unem em perfeita simetria e produzem a substância natural mais dura do planeta. Devido a essas propriedades físicas, há muito simbolizaram poder, força, inocência, incorruptibilidade, longevidade, constância e boa fortuna. Existe um ensinamento budista, um dos mais importantes sutras de Mahayana, chamado de “sutra de diamante”.

Topázio
Os primeiros lapidadores citam o topázio como uma pedra capaz de proteger contra doenças e mortes prematuras, fortalecendo o intelecto, diminuindo raiva e tristeza e eliminando covardia.

Não existem comentários ainda

Comentar

Seu email não será publicado