Stalvey usa ouro 24 quilates para produzir coleção de bolsas de couro

O uso do ouro chegou ao mercado de bolsas de luxo, graças à tecnologia. Com preços que variam de US $ 35 a US $ 100 mil, a grife Stalvey é a primeira da história a incorporar nanopartículas de ouro 24 quilates em peles exóticas para lançar sua nova coleção de bolsas.

O processo levou mais de dois anos para ser desenvolvido e é exclusivo da Stalvey, que mostrou as primeiras peças “banhadas” a ouro em sua estreia no Christie’s In Exclusive Handbag & Accessories Online Auction. A marca já apresentava um diferencial antes. Desde que foi criada em 2014, passou a oferecer ao mercado de luxo bolsas clássicas desenvolvidas em peles de lagarto, jacaré e avestruz.

Para trazer a riqueza do ouro para sua coleção de bolas, a Stalvey contou com o maior laboratório de tecnologia aeronáutica do mundo, juntamente com a première curtumes de luxo na França. O designer Jason Stalvey conta que para chegar ao produto final, o ouro puro de 24 quilates é aquecido a temperaturas extremas superiores a 1000 ° C, fazendo com que o metal passe do estado sólido para o líquido e suas partículas se transformem em gás. “Os átomos de gás são então esticados através de um processo de vácuo, criando uma camada fina que é incorporada na pele de crocodilo, partícula por partícula” revela. “Quando o gás esfria, as partículas voltam a um estado sólido, resultando em uma pele uniforme, lustrosa e flexível, com uma suave tonalidade de ouro”.

Em um curto período de tempo, as bolsas da marca foram vistas nos gostos de Gigi Hadid, Bella Hadid, Naomi Campbell e Hailey Baldwin. A nova coleção está disponível na Barneys New York e Moda Operandi, trazendo modelos nos estilos Top Handle em mini e pequenos e as bolsas de ombro.

Não existem comentários ainda

Comentar

Seu email não será publicado