Topázio Imperial: a gema nobre até no título

View Gallery
7 Photos
Topázio Imperial: a gema nobre até no título
Laura Hueb

Anel Bouquet de ouro branco 18K, topázio imperial, turmalina paraíba, esmeralda, turmalina rosa e diamantes

Topázio Imperial: a gema nobre até no título
Laura Hueb

Par de brincos, Fogo, de ouro branco e rosê 18k, topázio imperial, diamantes brown, safiras brancas e laranjas

Topázio Imperial: a gema nobre até no título
Laura Hueb

Par de brincos, Pedra, de ouro rosa 18k, topázio imperial, turmalina rosa, e diamantes brancos

Topázio Imperial: a gema nobre até no título
NF Joias

Pingente de ouro amarelo 18k e topázio imperial

Topázio Imperial: a gema nobre até no título
Topázio Imperial

Foto: IBGM

Topázio Imperial: a gema nobre até no título
Topázio Imperial

Foto: IBGM

Topázio Imperial: a gema nobre até no título
Topázio Imperial

Foto: Adriano Mol

O mais majestoso dos topázios é encontrado somente no Brasil e adorna joias de importantes marcas mundo afora

Por Erica Mendes

‘Topázio vem do grego Tópadzos, nome de uma ilha do Mar Vermelho.  A palavra significa “procurar”, pois a ilha, sempre envolta em névoa, era difícil de ser localizada.

É a gema do mês de novembro, das bodas de 5 anos, dos signos de escorpião, libra e sagitário e dos profissionais farmacêuticos, bioquímicos e radiologistas. Ela é ainda considerada o símbolo de desejo e de alegria.

O Brasil é um dos maiores produtores do mundo de topázio. Ele é encontrado na natureza em diversas cores: incolor, amarelo, alaranjado, marrom, do rosa avermelhado ao violáceo, do azul claro a azul escuro e verde claro. No entanto, sua espécie mais rara e valiosa só é encontrada na região mineira de Ouro Preto: o topázio Imperial. Seus exemplares mais procurados são aqueles com matizes alaranjadas e avermelhadas, sendo as mais preciosas aquelas em que a tonalidade varia do rosa ao violeta.

O topázio Imperial foi encontrado pela primeira vez na Rússia, mas suas jazidas se esgotaram no período czarista. No Paquistão também há ocorrência, mas não em escala comercialmente significativa, sendo o Brasil, hoje, a única fonte dessa gema. A sua raridade é um dos principais fatores de valorização, sendo reconhecida como uma gema tipicamente brasileira e de grande sucesso entre as grifes internacionais de alta joalheria.

Em sua obra ‘Pluto Brasiliensis’, o alemão Wilhelm Ludwig von Eschwege (mais conhecido como Barão de Eschwege, o pai da geologia brasileira), revela que o topázio imperial (até então chamado de topázio) foi descoberto em terras brasilis nas proximidades de Vila Rica por volta de 1760, no entanto, a Coroa portuguesa só reconheceu a importância da sua exploração em 1772.

O batismo oficial da gema como ‘topázio Imperial’ aconteceu em 1881, por ocasião da visita do Imperador do Brasil, Dom Pedro II, e da Imperatriz, Dona Tereza Cristina, ao serem presenteados como um exemplar desta gema pelo mineralogista francês Claude Henri Gorceix, fundador da Escola de Minas de Ouro Preto.

Uma lenda escocesa diz que Deus criou o topázio Imperial com este tom de uísque para que os garimpeiros pudessem reconhecê-lo ao primeiro olhar. Atribui-se também a este nobre topázio o poder de falar à mente superior e ao espírito, estimulando a autoconfiança e a criatividade.

1 comentário

Comentar

Seu email não será publicado