Vendas dos shopping centers crescerão em 2018 no Brasil

Por Gabriel Moura

A previsão é de que o faturamento deve aumentar cerca de 6%

Lojistas que têm seu endereço dentro de shoppings centers devem ficar atentos e ver o ano com boas expectativas. Segundo o presidente da Associação Brasileira de Shopping Centers (Abrasce), Glauco Humai, o faturamento dos shoppings brasileiros deve aumentar cerca de 6% em 2018 em termos nominais, em linha com o crescimento apurado em 2017.

De acordo com Humai, este será um ano para consolidar os empreendimentos lançados nos últimos anos. Ele prevê que haverá alta de 3% na receita total de vendas dos shoppings. Na avaliação do empresário, o primeiro semestre deverá ser melhor que o segundo, por conta das Eleições. “A eleição injeta dinheiro na economia e, ao mesmo tempo, afeta confiança”, comentou.

A Copa do Mundo também influenciará o setor, favorecendo a venda de eletrônicos, segundo apontou o presidente da Abrasce. Em 2017, os shopping centers faturaram um total de 167,75 bilhões de reais, alta nominal de 6,2% ante ao ano anterior. O resultado ficou abaixo da expansão de 7% que a associação projetava. “Dezembro não foi tão bom quanto esperávamos, pois o Natal foi melhor que 2016, mas pior que o esperado”, explicou o presidente.

O setor encerrou 2017 com uma taxa de vacância de 5,7%, ante 5% apurada ao fim de 2016. A associação projeta algo entre 5,5 e 6% nesse ano e só vê a taxa retornando à média história de 4,5% a partir de 2020. Um dos motivos para que isso ocorra é a taxa de ocupação mais baixa no momento de inauguração dos empreendimentos, disse Humai.



Não existem comentários ainda

Comentar

Seu email não será publicado