Diamante Pink Legacy bate recorde em leilão

Extremamente rara, a gema foi vendida por 50 milhões de dólares pela Christie’s, se tornando um marco importante na história dos leilões

Por Erica Mendes

 

Os apaixonados pelo universo joalheiro pararam na terça-feira, 13 de novembro, para apreciar um dos mais raros diamantes coloridos encontrados até hoje, durante o leilão realizado pela Christie’s, em Genebra na Suiça. Batizado de Pink Legacy(Legado Rosa), a gema de cor rosa foi arrematada pela joalheria americana Harry Winston pelo valor recorde de US$ 49,8 milhões (cerca de R$ 189 milhões).

Segundo o diretor da Christie’s na Europa, François Curiel, alcançar “2,6 milhões de dólares por quilate em um diamante rosa é um recorde mundial. Essa pedra é para mim o Leonardo da Vinci dos diamantes”, destacou.

Mas o que esse diamante tem de tão especial? Rahul Kadakia, chefe internacional de joias da Christie’s, explicou que “encontrar um diamante desse tamanho com essa cor é praticamente irreal. Você pode ver essa cor em um diamante rosa de menos de um quilate, mas esse tem quase 19 quilates. É inacreditável”.

Enquanto a maioria dos diamantes rosa exibem um modificador de cor como roxo, laranja, marrom ou cinza, o Legado Rosa não mostra nenhum traço de cor secundária. Sua distribuição uniforme de cores, combinada com saturação equilibrada, tonalidade e matiz rosa, qualifica o diamante de 18,96 quilates para a cobiçada gradação de cores ‘Fancy Vivid’do Gemological Institute of America (GIA). Apenas 1 em 100.000 diamantes possui uma cor suficientemente profunda para se qualificar como ‘Fancy Vivid’e o Legado Rosa estabeleceu um novo preço recorde por quilate para um diamante rosa.

“Diamantes rosa de qualquer tamanho e profundidade de cor sempre tiveram um fascínio especial. Este diamante rosa de lapidação esmeralda de 18,96 quilates está entre as mais raras de todas as gemas”, comentou Tom Moses, vice-presidente executivo da GIA, em nota oficial da Christie’s.

A raridade de se encontrar diamantes com mais de 5 ou 6 quilates classificados como Fancy Vivid Pink –  menos de 10% dos diamantes rosa pesam mais de um quinto de quilate – explica o fato de que em 250 anos de história de leilões na Christie’s, apenas 4 dessas pedras apareceram para venda.

Impulsionados pela demanda de colecionadores e por uma oferta cada vez mais limitada, os preços dos grandes diamantes rosa de extrema qualidade aumentaram exponencialmente ao longo dos anos. Em novembro de 2017, esse mercado em expansão atingiu um nível histórico quando a Christie’s vendeu o ‘The Pink Promise’, um diamante Fancy Vivid Pink de pouco menos de 15 quilates, por US$ 32,48 milhões, o que equivale a US$ 2,17 milhões por quilate.

Descoberto há mais de um século na África do Sul e lapidado, provavelmente, nos anos 20, o Legado Rosa descende da família Oppenheimer, que durante décadas dirigiu a mineradora de diamantes De Beers. Apesar de não ter divulgado o nome do atual vendedor, a Christie’s informou que a venda desse diamante marcou um momento importante na história dos leilões.

Não existem comentários ainda

Comentar

Seu email não será publicado