Influenciadores: a hora da depuração

A compra de seguidores falsos, a falta de transparência com propagandas veladas, o uso de bots e a rara criatividade está detonando uma grande crise de confiança em relação aos influenciadores.

Por Juliana Bianchi

“O consumidor de hoje é cada vez menos ingênuo e consegue identificar um anúncio pago a uma milha de distância”, aponta o ‘Relatório de Tendência das Mídias Sociais para 2019’, da Kantar Media.

Num momento em que inserir a marca de forma autêntica na vida das pessoas se torna fundamental para o sucesso da estratégia, investir em parcerias de qualidade em detrimento da quantidade é mais importante do que nunca. Tendência reforçada pelo crescimento dos vídeos de Stories e live streamings, e não apenas de postagem de fotos nas redes sociais. Para se ter uma ideia, 86% das marcas rastreadas no ‘Índice Digital IQ da Gartner L2: Hair Care & Color’ no segmento de cabelos, por exemplo, agora adotam histórias em vídeo para interagir com o público nas redes. Este levantamento incluiu a Unilever, que no ano passado anunciou que pararia de trabalhar com influenciadores que comprassem seguidores falsos. Levantamento recente apontou que 25% dos seguidores de influenciadores do Instagram que tinham parceria com a marca Dove eram falsos. A média da indústria é de 14%.

Segundo estudo da ComScore, trabalhar com micro ou médios influenciadores, que geram seu próprio conteúdo e mantêm uma relação mais autêntica com seus seguidores, pode aumentar o engajamento de uma marca em quase 30%, ao contrário de um “influenciador de marca em série”.

“É urgente restaurar a imagem manchada por más práticas e dar novo ímpeto ao marketing de influenciadores”, diz o relatório da Kantar, que aposta em “um futuro brilhante pela frente”, comprovado pela expansão e aprimoramento das próprias redes sociais que apontam para o engajamento como a nova grande tendência nas redes.

 

Fonte: Angela Klinke Report

 

Ver também: Influenciadores perdem terreno por falta de conteúdo original

 

Não existem comentários ainda

Comentar

Seu email não será publicado