De modelo a joalheira: conheça as peças em titânio da brasileira Giselle Effting

Despontando na Europa, a neomarca de joias Gi by Giselle Effting foi lançada este ano pela catarinense baseada em Florença, na Itália. 

Fonte: Vogue

Anel em titânio e diamantes.
Foto: Divulgação

Giselle Effting é novo nome na joalheria para ficar de olho. A brasileira começou a modelar com apenas 15 anos, tendo morado em 9 países diferentes, mas foi em Hong Kong, onde costumava trabalhar como modelo para grandes marcas de joias, que descobriu sua paixão pelas pedras preciosas.

Ear hook e anel em titânio e diamantes,
Foto: Divulgação

Se especializou no GIA (Instituto Gemológico da América) e iniciou sua carreira como designer em uma das marcas de Hong Kong mais conceituadas. Mudou-se para Florença, na Itália, em 2017, onde fez bacharelado em Fine Arts na Alchimia Contemporary Jewelry School, adquirindo conhecimento sobre a produção de joias artísticas. Em 2019, montou o seu ateliê na cidade e, em 2021, lançou oficialmente sua marca homônima, a Gi by Giselle Effting, cujas peças seguem as linhas do corpo e são como arte vestível.

Headpiece em titânio e diamantes,
Foto: Simon Contreras Lori

A designer também chama atenção pela matéria-prima que utiliza, o titânio, que ganha pontos de brilho com diamantes em ear hooks, anéis, colar e até peças para o cabelo. “Escolhi usar o material devido à sua leveza e originalidade”, conta Giselle, que deixou a carreira na moda para dedicar-se à marca, que já ganhou destaque na versão italiana da Vogue. Suas peças seguem a proposta genderless e estão à venda no e-commerce próprio da marca.

Natural de Blumenau, em Santa Catarina, Giselle tem uma memória que indica que sua paixão pela joalheria vem desde a infância: ela colecionava conchas com a mãe e a irmã nas praias do litoral catarinense e produzia seus colares e pulseiras. Naquela época, não tinha ideia de que no futuro se tornaria designer de joias

Não existem comentários ainda

Comentar

Seu email não será publicado