Bulgari cria fundo de pesquisa contra Covid e lança coleção de joias casuais

Conhecida pelas peças elaboradas, a grife italiana investe em peças leves e cotidianas

Redação Marie Claire

Uma das marcas pioneiras nas ações de combate ao coronavírus, a Bulgari acaba de divulgar uma nova e mais duradoura investida contra doenças infecciosas virais. A grife italiana anunciou nesta semana a criação do “Fundo Bulgari Virus Free”, uma entidade sem fins lucrativos que fará investimentos nas áreas de pesquisas para a redução e a cura de diversos tipos de vírus.

Primeiramente focada na Covid-19, a entidade pretende, no futuro, apoiar pesquisa de outras doenças causadas por vírus. Neste momento, o fundo apoia duas instituições principais: o Jenner Institute, da Universidade de Oxford, no Reino Unido, responsável pela criação e desenvolvimento de novas vacinas, e o Instituto Nacional para as Doenças Infecciosas do Lazzaro Spallanzani para o qual a Bulgari já doou um microscópio especial para desenvolvimento de tratamento para a covid, em fevereiro.

Junho também chega com novidades nas linhas de joalheria mais acessíveis do portfolio da marca. A joalheria acaba de atualizar a coleção Bulgari Bulgari, inspirada nas antigas moedas romanas. Mais jovens, elas reforçam o posicionamento da marca que vem rejuvenescendo seu público e trazendo, além de suas notáveis peças de alta joalheria, produtos de entrada para clientes millenial.

Desde peças discretas e salpicadas de pedras coloridas, uma das marcas registradas da Bulgari, até joias do dia-a-dia com o toque de diamantes, a coleção canaliza o espírito desse novo momento da marca e do mercado de luxo, que vem se adaptando a uma nova clientela mais exigente e engajada.

Fonte: Marie Claire

Não existem comentários ainda

Comentar

Seu email não será publicado