Conheça Antuérpia, a capital mundial dos diamantes

Destino é considero a “Disney” para os amantes de joias e gemas

Débora Rodrigues

Quem atua no ramo de joias já deve ter ouvido falar nos famosos “diamantes da Antuérpia” e deve colocar a cidade no roteiro das próximas viagens. O destino, que fica apenas 46,4 quilômetros ao Norte de Bruxelas, é a segunda maior cidade da Bélgica e uma das mais importantes quando se trata da gema mais cobiçada do mundo. E essa tradição vem de muito longe.

No século XVI, a região já era a principal economia do mundo em função da bolsa de mercadorias e ativos financeiros, como os diamantes, e também por ter o maior e principal porto da Europa, que ganhou vulto com a abertura da rota para as Índias pelos portugueses.

Com a política antissemita implantada naquela época, inúmeros judeus, exímios mercadores e artesãos, expulsos de Portugal, migraram para a Antuérpia e fortaleceram o comércio e a indústria de joias e diamante. Cerca de 80% de todos os diamantes do mundo são cortados e negociados em Antuérpia, fato que a tornou conhecida mundialmente como a Capital Mundial dos Diamantes.

Um dos passeios mais apreciados por quem é do ramo é a visita ao Museu dos Diamantes ou a Diamondland. Nele é possível conferir todo o processo de lapidação das pedras, a partir da mineração e aprender as características que fazem a pedra ser considerada perfeita: corte, cor, claridade e quilate. O passeio vale a visita, mas não se assuste se sair de lá ainda mais apaixonado pelo mundo das joias.

Não existem comentários ainda

Comentar

Seu email não será publicado