Diamante da realeza é leiloado por R$ 24 milhões

Azul, a gema pertenceu aos nobres europeus por mais de 300 anos.

Por Gabriel Moura

O raríssimo diamante azul “The Farnese Blue” foi arrematado em leilão por US$ 6,7 milhões, o equivalente a mais de R$ 24 milhões. A venda ocorreu em Genebra, na casa Sotheby’s. A pedra fora dada à filha do duque de Parma em 1715 e circulou pela realeza europeia durante 300 anos. A joia histórica agora ocupará uma coleção particular.

“O The Farnese Blue é um diamante inesquecível, e todos ficam impressionados com sua cor extraordinária – o azul rico do oceano mais profundo”, disse Daniela Mascetti, vice-presidente da Sotheby’s Europe e especialista internacional em joias. A identidade do comprador não foi revelada e o valor surpreendeu os negociadores, pois a estimativa até então é que a peça atingiria um valor entre US$ 3,5 milhões e US$ 5 milhões.

A história da peça chama a atenção dos colecionadores. Encontrado na mina Golconda, na Índia, o diamante tem 6,1 quilates. Elizabeth Parma recebeu a joia como presente de casamento por sua união com Philip V da Espanha. A gema foi passada por quatro famílias reais na Europa, várias gerações e países, dentre eles Espanha, França, Itália e Áustria. Segundo a casa de leilões, o diamante chegou a adornar uma tiara que um dia pertenceu à rainha Maria Antonieta.

Além do “The Farnese Blue”, a venda incluiu uma seleção de joias de época de proveniência aristocrática, que totalizaram US $ 9,5 milhões, superando as expectativas de pré-venda de US $ 6 milhões – 8,7 milhões. Foi liderado por um bracelete de diamantes e um par de esmeraldas do século 19, vendido por US $ 249.780, quatro vezes a alta estimativa.

Entre as joias assinadas, Cartier e Van Cleef & Arpels foram as mais desejadas, com destaque para o colar de pedras preciosas e diamantes, projetado pela Cartier em 1930, que arrecadou US $ 337.203 e um colar “Zip” da Van Cleef e da Arpels, da década de 1950, que superou em dez vezes a estimativa de US $ 506.554. O colar com diamantes, safiras, rubis e esmeraldas também pode ser usado como uma pulseira e é combinado com brincos correspondentes.

Não existem comentários ainda

Comentar

Seu email não será publicado