Dior lança coleção inspirada nos segredos escondidos da realeza

Por Gabriel Moura

Palácio de Versalhes influenciou as novas joias da grife

O que seria da nobreza sem as joias… E o que seria da joalheria sem a monarquia? Impossível pensar um sem o outro, mas agora varemos mais dessa união em preciosidades da Dior. A grife acaba de lançar sua nova coleção de alta joalheria inspirada nos segredos dos reis e rainhas.

A diretora criativa de joias da Dior, Victoire de Castellane, declarou que buscou inspiração na mais alta realeza para lançar as novidades.  Segundo Castellane, que hoje é a mente criativa por trás da Dior, o Palácio de Versalhes tem sido um fascínio para os designers e foi em sua arquitetura, nos interiores dourados, nos jardins e na história do próprio lugar que a Dior buscou referências para as suas joias.

A coleção apresenta colares de diamantes rosa lapidados em forma de arcos delicados. Por trás do pendente, escondida, está uma fechadura com contas, e por baixo da pedra central há uma misteriosa caveira.  Em um dos anéis, os diamantes amarelos giram para revelar um compartimento escondido. Em outra peça, surge o holograma inscrito sob uma esmeralda de oito quilates.

Segundo a grife declarou, as peças reproduzem o espírito e a atmosfera desses lugares secretos escondidos no palácio. A ideia é de revelar os pequenos tesouros escondidos e os fantasmas do passado.

Nas joias, as menções à realeza aparecem como mensagens secretas ao longo da coleção trazendo detalhes nas pedras. Um par de brincos de berilo verdes cobertos com uma coroa representa um rei e uma rainha. Os chanfros em cada pedra do centro são compostos de folhas esculpidas em ouro. E em todos, a Dior propõe uma homenagem ao rei  Sol, o mais referenciado de Versalhes.

Não existem comentários ainda

Comentar

Seu email não será publicado