Mesmo diante de incertezas, a intenção de comprar diamantes ainda é alta

Estudo da De Beers revela intenção de compra para o Natal

Por Gabriel Moura

Apesar do cenário desafiador, os consumidores ainda pretendem comprar joias com diamantes como presente de Natal. Essa boa notícia vem do último estudo realizado pela De Beers para saber mais sobre as intenções de compra que devem nortear o mercado nos próximos meses.

Foram entrevistado cerca de 2.800 homens e mulheres de 20 a 65 anos nos EUA, na China e na Índia e examinados uma série de indicadores de consumo. Os resultados do estudo mostraram que, nos Estados Unidos, quase 60 por cento dos entrevistados do sexo masculino esperam comprar joias com diamantes para alguém importante, enquanto quase um terço das mulheres pretende comprar para si mesmas.

O resultado é ainda mais positivo na China e na Índia. Mais de 80 por cento dos homens e mulheres estão muito propensos a comprar joias com diamantes para uma pessoa importante ou para si próprios.

Profissionais com menos de 35 anos estão no grupo que mais pretende adquirir joias de diamantes no final do ano. O estudo mostrou ainda que em todos os mercados, o interesse do consumidor se concentra em torno de peças clássicas, sendo os solitários convencionais os mais desejados.

Os dados já dão pistas para os varejistas brasileiros se prepararem para as vendas do final de ano.

Não existem comentários ainda

Comentar

Seu email não será publicado