Penelope Cruz cria joia sustentável para a Swarovski

As joias foram confeccionadas a partir de desenhos feitos pela própria atriz

Por Débora Rodrigues

Penélope Cruz selou uma parceria com a CEO do grupo Swarovski, Nadja Swarovski para divulgar joias da casa. A atriz ajudou a confeccionar coleção de 14 peças que tem raízes em desenhos que ela mesma fez. “Eles me deram a liberdade de criar apenas coisas que eu realmente amava”, diz Cruz. “Eu sou realmente apaixonado por cada peça.”

Cruz usou algumas das novas joias em maio no Festival de Cannes. No tapete vermelho, combinou colar, pulseira, brincos e anéis de rubis, safiras e de diamantes criados em laboratório e colocados em ouro proveniente de comércio justo, de 18 quilates. A coleção é 100% sustentável, com o topázio branco como as únicas pedras que não são criadas em laboratório, embora sejam de origem ética.

“Para mim, foi isso que me fez apaixonar pela ideia de trabalhar em conjunto com a Swarovski”, observa Penélope Cruz sobre a importância de usar joias que tenham o conceito de sustentabilidade. “Quando ouvi Nadja falar sobre como eles criam suas peças fiquei inspirada, pois me preocupa não causar um impacto negativo no planeta, no que fazemos, no que vestimos, no que consumimos”.

Segundo a atriz, o item favorito dessa coleção é um anel de três rubis criados em laboratório, em forma de pêra, cercados por diamantes. “Eu tinha um anel que minha avó tinha dado a mim e foi perdido ou roubado”, disse a atriz. “Então fizemos esta peça como uma homenagem a ela”.

Penélope fez parcerias com outras marcas no passado, incluindo Loewe e Damas, uma joalheria de Dubai, a haute da Chanel e agora deve ser modelo da casa francesa Cruise. Segundo ela, cada experiência destas reforça seu amor pelo design. “Eu tenho aprendido e continuarei aprendendo”, explica a atriz, dizendo que não é especialista, mas é fã, o que é importante.

No Ateliê Swarovski, ela foi apontada como a pessoa certa para apresentar as joias finas. “Primeiro, porque tudo que ela usa fica tão bem”, disse Nadja que é tataraneta de seu fundador. “Mas o que realmente me impressionou na conversa com Penelope foi nossa opinião compartilhada de preservação do planeta. Ela também tem uma visão de design muito clara e essa foi uma verdadeira colaboração para transformar seu ponto de vista em realidade.”

As peças devem chegar às lojas em setembro, enquanto a Swarovski planeja lançar versões mais baratas da coleção, também empregando o conceito criado em laboratório. A nova representante da marca adorou a ideia. “Eu quero ser capaz de criar coisas que mais pessoas possam pagar – ser capaz de fazer as duas coisas é ótimo”, explicou ela.

Não existem comentários ainda

Comentar

Seu email não será publicado