Que tal vender diamantes reciclados em suas coleções? Já tem joalheria fazendo isso

Conheça a loja que oferece peças  com materiais reciclados

Débora Rodrigues

A busca por alternativas sustentáveis continua em alta no mundo da joalheria e tem sido uma das preocupações do mercado mundial. Uma das alternativas encontradas é reciclagem. Foi assim que a marca Arabel Lebrusan fez um movimento consciente em relação ao uso de diamantes em suas coleções: aderindo ao uso de materiais reciclados em mais peças da marca.

A sustentabilidade sempre foi missão primordial da Lebrusan Studio. A marca socialmente responsável e ambientalmente consciente oferece apenas platina, ouro e prata reciclados desde a criação da loja em 2008. A joalheria foi uma das primeiras a receber o selo de Fairtrade Gold em 2011, o que significa que trabalha com metal Ético, e recentemente ofereceu ouro ecológico como ação para os clientes.

Todos os diamantes reciclados oferecidos pela marca datam de mais de vinte anos e exibem cortes vintage. Isso significa que o apelo não está apenas em seu impacto mínimo no meio ambiente, mas em seu design e história únicos. Segundo a marca, essa é uma maneira de dar um exemplo mundial a respeito de como devemos estar atentos às mudanças climáticas e à pegada ecológica causada pela extração mineral.

“Estamos em um estado de emergência”, diz  Arabel Lebrusan, fundador da marca. “O aquecimento global chegou ao ponto de crise. Não importa o quão negociados ou cuidadosamente adquiridos, os materiais recém-extraídos usam recursos valiosos. É vital que diminuamos a taxa em que estamos consumindo água, terra e energia atualmente ”. Segundo ele, os diamantes reciclados trazem uma profundidade de brilho e mais que isso, têm um corte difícil de ser imitado. “Como a maioria dos diamantes antigos é cortada à mão, cada pedra recuperada é única e cheia de personalidade”.

Não existem comentários ainda

Comentar

Seu email não será publicado