A mentalidade por trás da capacidade de virar o jogo

Escolha viver o Agora!

Por Leila Navarro

Na estrada da vida, a probabilidade de levar tombos é imensa! Ter coragem de quebrar a cara também é importante, pois faz parte do processo de crescimento e desenvolvimento do ser humano. A diferença está no que vem a seguir! Tem gente que escolhe continuar prostrado  após uma queda, reclamando da vida, da falta de oportunidades, das pessoas ao redor e das circunstâncias. Outros, assim como eu, decidem aprender com os tombos, levantam, sacodem a poeira e procurar dar a volta por cima.

Como diz Viktor Frankl: “Quando a circunstância é boa, devemos desfrutá-la; quando não é favorável devemos transformá-la, e quando não pode ser transformada, devemos transformar a nós mesmos.” Portanto, temos a capacidade de virar o jogo em qualquer situação da vida, depende de nossa escolha. Depende única e exclusivamente de nosso comportamento diante as ocorrências do tempo. Pensar pequeno ou pensar grande dá o mesmo trabalho. Isso é fato! Só que, quando pensamos grande, grandes coisas podem acontecer. Quem procura acha, não é mesmo? Me diz: O que você anda procurando neste momento?

Viver é como escolher feijão. Quando eu era pequena, minha mãe me colocava para separar os feijões bons dos ruins. Venho aprendendo com isso até hoje. Em meio a este cenário de pandemia, procure os feijões que realmente importam. Essa é a mentalidade por trás da capacidade de Virar o Jogo, mudar de comportamento e estruturar novos paradigmas. Não existe essa de Novo Normal! Existe apenas o Agora!  Afinal, o que é normal? Comum? Natural? Usual? Esperar que o mundo transforme sua existência, que a felicidade bata à sua porta ou que você tenha certeza de alguma coisa, é puro desperdício. Escolha viver o Agora. Essa é a única saída!

Alimente-se de boas projeções, acompanhe seus avanços, não perca seus sonhos, desenvolva novas habilidades, capacidades e tenha atitude! Mesmo que você esteja no fundo do poço ou que o mundo esteja um Caos, saiba que dar sentido ao sofrimento alivia a dor e abre caminhos. Viktor Frankl me inspira novamente quando diz: “Quem tem um porquê enfrenta qualquer como.”

Este porquê nos Empodera! Este porquê nos dá o poder de sermos capazes de mudar nossa realidade e a nossa percepção quando nos tornamos sensíveis aos nossos sentidos. Não feche a caixa e não se prenda apenas a uma categoria. Seja uma pessoa ETC. Você tem esse potencial! Estamos nessa jornada para aprender juntos.

Não existem comentários ainda

Comentar

Seu email não será publicado