Areias de praias brasileiras são destaque em linha de pulseiras

Bracelete tem areias de Ipanema, Búzios, Copacabana (RJ), Ilhabela e Caraguatatuba (SP) e São Francisco do Sul (SC), além de outros pontos do mundo

Por Débora Rodrigues

Buscando se conectar com novos consumidores, a joalheria mundial busca alternativas sustentáveis e com pegada ecológica. Entre as novidades, está a Touch the World, uma nova coleção de braceletes da Dune Jewelry, que apresenta ao mundo a nova criação que mistura areia a outros elementos naturais encontrados em todo o mundo.

Cada uma das 12 joias representa uma das 12 causas escolhidas para serem beneficiadas com as vendas. Na pulseira, um pingente simboliza a causa que representa: um sol para a prevenção da mudança climática, um gato para o bem-estar animal, por exemplo. O disco no topo da pulseira contém um recipiente em prata que traz a areia de praia de todos os sete continentes – que quer mostrar como “tocamos o mundo”. Se preferir, porém, os clientes podem escolher entre mais de 4 mil areias e elementos naturais do impressionante Banco de Areia que a Dune Jewelry usa para personalizar seus braceletes. Do Brasil, eles oferecem as areias de Ipanema, Búzios, Copacabana (RJ), Ilhabela e Caraguatatuba (SP) e São Francisco do Sul (SC).

A nova coleção foi criada para ajudar seus consumidores a “doar sem esforço a causas importantes”. Cada pulseira será vendida por US $ 30 e cada compra reverterá 10%s para uma das 12 causas. Os varejistas selecionados oferecerão um Passport Giving, que permite que os clientes registrem sua “jornada de doação”. Aqueles que coletam todas as 12 pulseiras são elegíveis para receber uma bracelete Global Giving gratuita, quando compartilham sua coleção nas redes sociais ou via e-mail.

“Recicle, reutilize, faça um ciclo”, diz o fundador e CEO da joalheria, Holly Daniels Christensen. “Faça o seu melhor, e não coloque muita pressão em si mesmo para ser perfeito quando se trata de reciclagem. Estamos todos praticando pequenas melhorias e mudanças incrementais que ajudarão nossa Terra”. E como foi escolher as causas beneficiadas? “Eu queria ter certeza de que toda a minha equipe tivesse voz quando decidisse as causas que estamos apoiando”, explicou Christensen. “No começo, tínhamos mais de 30 e finalmente reduzimos para 12. Não foi uma escolha fácil, mas a esperança é que essa iniciativa continue a crescer e possamos adicionar mais causas a cada ano.”

A coleção estará a venda a partir de 22 de abril, Dia da Terra, e os esforços que ele apoia incluem coisas como conservação dos oceanos, conservação da floresta tropical, prevenção da mudança climática e iniciativas de água potável. Mas a Dune Jewelry também está garantindo doações para causas como cuidados médicos humanitários, cuidados e pesquisas para a doença de Alzheimer, câncer infantil e doenças cardíacas, conscientização do autismo, conscientização sobre saúde mental e pesquisas com animais. A última das 12 iniciativas, pesquisa de opiáceos (dependência de ópio) e reabilitação, é algo importante de forma pessoal para Christensen. “Minha mãe faleceu do vício em opiáceos e, para mim, isso era obrigatório. O vício pode prender até mesmo as pessoas mais inesperadas”.

Não existem comentários ainda

Comentar

Seu email não será publicado