Como preparar a empresa para a retomada após o confinamento

Confira a entrevista de Maurício Okubo, diretor da Julio Okubo e vice-presidente da AJESP, com o Haroldo Matsumoto, especialista em gestão de negócios e sócio-diretor da Prosphera Educação Corporativa

Por Cláudia Santana

Nos grandes centros urbanos, como São Paulo, após um longo período de confinamento, o comércio se prepara para retomar a “rotina”. É sabido que nada mais será como antes, mas efetivamente, o que mudará daqui para frente ainda é incerto.

Para ajudar os empresários do setor joalheiro a enfrentar essa retomada e tirar as joalherias da estagnação, o Feninjer Talks convidou para um bate papo, Haroldo Matsumoto, especialista em gestão de negócios e sócio-diretor da Prosphera Educação Corporativa (www.prosphera.com.br), consultoria multidisciplinar com expertise em diversos setores da economia e empresas de todos os portes.

O empresário Maurício Okubo, da quarta geração da Julio Okubo Joias e vice-presidente da AJESP – Associação dos Joalheiros do Estado de São Paulo, conversou com o especialista, que deu dicas relevantes e destacou pontos essenciais que os empresários devem ficar atentos nessa fase de retomada.

Na opinião do consultor, há uma demanda reprimida no varejo em função do confinamento, mas os empresários devem ter visão a médio e longo prazo. “Nesse momento é importante seguir todos os protocolos de segurança, transmitindo confiança e tranquilidade dos colaboradores e dos clientes, para que eles superem o medo e retornem a loja”, disse Haroldo. Para conferir as outras dicas e insights do consultor, assista a entrevista.

Não existem comentários ainda

Comentar

Seu email não será publicado