Concorrência desleal

Diamantes sintéticos vendidos como naturais no Alibaba

Débora Rodrigues

Os diamantes sintéticos têm sido tratados como um problema para a indústria e agora segundo denunciou matéria da BBC.com, eles são encontrados nos sites eletrônicos sendo oferecidos como se fossem naturais.

O jornalismo da BBC apontou que anúncios apareceram no site Alibaba da China, com documentação declarando que são naturais. Em resposta, muitas pessoas na indústria de diamantes têm trabalhado no uso do blockchain – um livro-razão à prova de falsificação – para armazenar informações sobre a história de uma joia, desde que ela é encontrada na mina à chegada numa joalheria.

Os exemplos são o Everledger, da Austrália, e o Tracr, da De Beers. A gigante de mineração de diamantes russa Alrosa anunciou que vai se juntar à plataforma Tracr, para também certificar suas pedras. Por muitos anos, a questão dos diamantes produzidos em laboratório ou dos diamantes sintéticos e seu impacto sobre a indústria natural de diamantes, tem sido debatido.

Leibish Polnauer, proprietário da Leibish & Co. Fancy Coloured Diamonds, publicou um vídeo falando sobre a forma como a produção de diamantes nas fábricas pode afetar a indústria de diamantes naturais. Ele lembra que a indústria de diamantes naturais emprega milhares de pessoas desde a mineração e processamento à comercialização e comércio. E acrescenta que a essas vagas são em países onde as opções de emprego são limitadas e dá a muitas pessoas a capacidade de ganhar uma vida decente.

Em seu vídeo, ele questiona se a indústria de diamantes desenvolvidos em laboratório pode fornecer uma solução para as essas pessoas empregadas hoje na indústria, lembrando que todas  e que correm o risco de perder seu emprego. Leibish também ressalta que os produtores de pedras sintéticas tentam marcá-los como sustentáveis, mas “essa é uma afirmação falsa e contraria a atual tendência global de buscar e comprar mais materiais naturais”.

Os diamantes produzidos em laboratório, recorda Leibish, são como qualquer outro produto feito em uma fábrica. Outra questão comentada por ele diz respeito à comercialização de produtos sintéticos. Ele diz que a De Beers, uma grande empresa na mineração de diamantes, agora também promove os produtos sintéticos, prejudicando assim seu principal produto, os diamantes naturais. Segundo ele, este movimento não só prejudica a De Beers, mas toda a indústria.

Não existem comentários ainda

Comentar

Seu email não será publicado