Descoberto mais um diamante gigante na Angola

A gema tem 171 quilates e foi encontrada na mina de Lulo

Por Gabriel Moura

Cada vez mais a Angola desponta como reduto dos diamantes excepcionais. De lá chega a notícia de que a Empresa Nacional de Diamantes de Angola (Endiama) descobriu mais um diamante gigantesco. A pedra tem 171 quilates e foi descoberta na mina do Lulo, na província da Lunda-Norte, onde também foi encontrado o maior diamante do país, com 404 quilates.

Lulo já representa um dos maiores redutos de diamantes da atualidade. Essa descoberta representa o 15º diamante de mais de 100 quilates encontrado na região, a segunda maior descoberta do ano, e o quarto maior desde o início das operações de Lulo. A gema tem cor branca e foi extraída no bloco 6 da mina.

O bloco 6 e 8, segundo a Endiama, foram os responsáveis pela produção de 13 das 15 pedras de mais de 100 quilates extraídas na mina. O presidente do conselho de administração da Sociedade Mineira do Lulo, Domingos Machado, disse que nesses blocos são onde normalmente aparecem diamantes de grandes dimensões e valores.

Lulo é uma das mais importantes minas diamantíferas mundiais, constituída por uma sociedade entre a estatal Empresa Nacional de Diamantes de Angola (Endiama), com 32%, a também privada angolana Rosa e Pétalas (28%) e a operadora australiana Lucapa Diamond Company (40%).

Não existem comentários ainda

Comentar

Seu email não será publicado