Diamante azul de 3 quilates espera de novo comprador

Segundo especialistas, a Sotheby’s superestimou o valor da gema, que foi retirada do primeiro leilão ao vivo de joias desde a pandemia

Por Caroline Sanches

Muitas expectativas cercaram o primeiro leilão ao vivo de joias desde a pandemia e, influenciada pelo sucesso das vendas online, a Sotheby’s pode ter superestimado o valor de algumas peças. Entre os destaques que foram à leilão nessa semana, estava um diamante azul de 3 quilates, estimado em US $ 6,3 milhões, que acabou não encontrando comprador.

No entanto, um outro diamante teve um destino diferente. A pedra, de cor rosa intenso pesando 7,00 quilates, foi vendida por mais de US $ 3 milhões, incluindo o prêmio do comprador.

No leilão também foram vendidas outras joias, como um broche de coral e diamante, um broche de diamante de 1909 com pérolas. Outro destaque foi um impressionante anel de safira, pesando 105,89 quilates, vendido por US $ 1,8 milhão.

Ao que tudo indica, os compradores continuam desejando joias de rara beleza. No entanto, estão atentos e mais conscientes dos valores cobrados por elas.

Não existem comentários ainda

Comentar

Seu email não será publicado