Dicas para proteger a loja online

Invista em sistemas de proteção e fique atento ao que foge da normalidade das vendas

Por Gabriel Moura

As vendas online não param de crescer com o confinamento. Junto com elas, aumentam também os golpes contra as lojas virtuais. Só no ano passado, os prejuízos somaram mais de R$ 1,8 bilhão, dado que dá a medida do quanto é necessário investir em proteção.

Investir em soluções antifraude ajuda a prevenir a empresa de ataques cibernéticos, detectando uma ameaça, seja por uma pessoa real ou bots, e barrá-la antes que ela invada o sistema da empresa. Além disso, há outras medidas que podem ser adotadas. Confira!

1 – Verifique se o sistema utilizado para montar seu negócio é seguro. Assim como você escolheria cuidadosamente o local físico para abrigar o seu negócio na rua ou shopping, também é necessário ter critérios para selecionar a plataforma de e-commerce que hospedará o seu e-commerce.

2 – Contrate um sistema de pagamento seguro. Há vários no mercado, mas é preciso levantar as informações corretas e ouvir vários especialistas antes de tomar a decisão.

3 – A maior parte das fraudes é realizada através de softwares maliciosos que fazem uso de vários cartões de crédito de forma sucessiva até terminar a compra com sucesso. Uma boa forma de evitar as transações fraudulentas é restringir a quantidade de tentativas que o usuário erra as informações bancárias. Caso o consumidor ultrapasse esse limite, bloqueie temporariamente o cadastro e o coloque em uma lista de suspeitos.

4 – Fique ligado nas “coincidências”. Se de um dia para o outro, sua loja passou a receber vários pedidos de uma mesma cidade e você não fez nenhuma divulgação específica naquela região, isso talvez não seja um bom sinal, pois o fraudador pode estar tentando cadastrar um endereço frio.

5 – Ofereça segurança por meio do certificado digital para garantir o sigilo dos dados dos consumidores, além da proteção das informações confidenciais. Ao criptografar o login, senha, CPF, e-mail, entre outros dados pessoais, os hackers não vão conseguir roubar estas informações para a realização de fraudes.

6 – Crie um sistema para analisar a compra de joias de maior valor e às vendas que fogem ao padrão habitual da loja virtual.

Não existem comentários ainda

Comentar

Seu email não será publicado