Encontradas joias reais roubadas na Suécia

Entre as peças recuperadas está um conjunto de joias reais do século XVII, incluindo duas coroas históricas do rei Carlos IX e da rainha Cristina

Da Redação/ Fonte Euronews

A polícia sueca conseguiu recuperar o conjunto de joias reais do século XVII, de incalculável valor histórico, que haviam sido roubadas no ano passada na catedral de Strängnäs. Entre as peças estavam nada menos do que duas coroas históricas do rei Carlos IX e da rainha Cristina.

Em comunicado, as autoridades indicam que “as insígnias reais funerárias de Carlos IX foram encontradas”, em Estocolmo, acrescentando que a polícia “trabalha intensivamente para confirmar a cem por cento” a autenticidade.

As joias foram encontradas num caixote do lixo nos arredores de Estocolmo. A polícia está agora a trabalhar para provar a autenticidade das peças. Elas foram roubadas dentro da catedral de Strängnäs e os ladrões fugiram numa lancha, por um lago vizinho e, até então, não se sabia sobre o paradeiro do acervo.

“É uma boa notícia para nós aqui na catedral mas, acima de tudo, é uma boa notícia para a sociedade sueca. São objetos únicos que pertencem à nossa história, por isso ainda bem que os encontraram”, diz o deão da catedral, Christoffer Lundgren.

São objetos feitos de ouro, pérolas e pedras preciosas, avaliados em mais de seis milhões de euros, que em breve poderão voltar ao local onde estavam expostos, provavelmente com segurança reforçada.

Não existem comentários ainda

Comentar

Seu email não será publicado