Metas para 2019

Veja como estabelecer objetivos consistentes para a sua empresa

Gabriel Moura

Com 2019 virando a esquina, é hora de rever os planos, analisar acertos e erros e pensar nas metas que queremos atingir no novo ano. Um dos primeiros pontos a se deter, segundo especialistas em gestão, é na criação e metas realizáveis. Impor limites que vão muito além da realidade é uma das principais causas de frustrações.  

Segundo Felipe Ventura, que além de empreendedor é publicitário, cuida da empresa da família, a Óticas Ventura, e é um dos maiores arrecadadores do Teleton, parceiro da AACD, é preciso estabelecer metas palpáveis e praticáveis para o futuro, de forma que os projetos cresçam, deem frutos e também causem o impacto social desejado.

“Assim como qualquer negócio, a chave é você ter uma visão geral da estrutura, aplicando uma metodologia e entendendo a importância de ter um planejamento para o seu sucesso. O planejamento nada mais é do que uma previsão e uma antecipação do futuro da sua entidade, em que você tenta descobrir os erros e acertos das suas ações e se prepara para melhorá-las ou consertá-las”, explica o empresário.

Confira, abaixo, algumas dicas do especialista para estabelecer metas consistentes para o seu empreendimento:

1.Seja realista

Estabelecer metas é, sim, um trabalho contínuo e que pede por uma estratégia bem incorporada para você alcançar o objetivo inicial do seu projeto. Porém, o mais importante é lembrar de ser realista: crie metas que sejam condizentes com a realidade da sua empresa, nem mais, nem menos do que isso.

2.Planejamento é chave!

Falando em realismo, o planejamento é uma parte essencial do estabelecimento de metas porque evita desperdícios, tanto do tempo da sua equipe, quanto de recursos. “Sem um planejamento, deixamos a gestão a mercê da sorte, e isso pode e vai gerar problemas irreparáveis”, diz o publicitário.

3.Seja colaborativo

Na hora de estabelecer as metas para a sua empresa ou ONG, não esqueça de envolver os gestores das principais áreas da empresa. Você não precisa fazer isso sozinho e, contando com a ajuda de todos, você cria uma unidade de meta (ou seja, todos os esforços são voltados para um único objetivo) e não perde de vista as necessidades e dificuldades de cada setor.

4.Coloque em prática e acompanhe

Depois de todo esse processo, as metas não podem ficar só no papel. Elas precisam ser divididas em ações práticas para serem colocadas no dia a dia da equipe e, claro, é preciso um acompanhamento para garantir que a sua empresa não desvie da meta no meio do caminho. Por isso o passo anterior é tão importante: se todos estão envolvidos no desenvolvimento e aplicabilidade das metas, fica mais fácil o seu empreendimento se manter no caminho certo.

Para quem ficou em dúvida, Felipe faz um resumo fácil de entender: “Primeiro, defina sua missão e visão. Segundo, faça uma análise dos fatores internos e externos que possam interferir no seu ambiente – com isso, você identifica seus pontos fortes, ou seja, suas forças e oportunidades, e seus pontos fracos, suas fraquezas e ameaças. Terceiro, defina as estratégias para alcançar as metas que você definiu. Isso vale tanto para curto, como longo prazo. Quarto e último, coloque em prática as ações que foram definidas e faça o acompanhamento e controle das mesmas”.

Com isso tudo em mente, você já está pronto para colocar a mão na massa e pensar sobre o que você pretende alcançar com o seu projeto em 2019. Bom planejamento!

Não existem comentários ainda

Comentar

Seu email não será publicado