O anel de noivado antes e depois do casamento

Saiba qual é a etiqueta de uso dessa joia

Por Erica Mendes

O anel de noivado é a joia do pedido de casamento. Ele faz parte do rito nupcial, simbolizando a intenção de quem faz a proposta pelo compromisso definitivo.

Essa joia foi instituída como uma afirmação pública obrigatória da intenção dos noivos pelo papa Nicolau I (858-867) através de um decreto no ano 860. No entanto, com o tempo, cada cultura criou a sua própria etiqueta de uso da joia. Veja como é o costume no Brasil.

Quem usa?

Antigamente, somente a mulher usava. Porém, hoje em dia, qualquer pessoa que for pedida em casamento pode usar. Não há um único modelo, as opções são inúmeras e o que vale é a simbologia dessa joia para quem a está usando.

Antes do casamento

Convencionou-se usar o anel de noivado no dedo anelar esquerdo do momento do pedido de casamento até o altar.

Se o noivado for acompanhado do par de alianças, tanto a mulher quanto o homem devem usá-las no dedo anelar direito.

Durante e depois do casamento

Considerando que no dia do casamento há a troca das alianças entre os noivos e que ambos passarão a usar essa joia no dedo anelar esquerdo, antes da cerimônia, a noiva deve mudar o anel de noivado para o dedo anelar da mão direita.

A partir do dia seguinte do casamento, a mulher deve ficar à vontade para escolher se prefere exibir uma joia em cada mão, ambas nos dedos anelares, ou se voltará a exibir o anel de noivado no dedo anelar esquerdo, mas agora, junto com a aliança.

 

Veja também:
A origem da tradição do anel de noivado de diamante
A democratização do anel de noivado
Halo Ring: o anel de noivado da atriz Marina Ruy Barbosa

Não existem comentários ainda

Comentar

Seu email não será publicado