O novo cronógrafo de edição limitada da Montblanc recria fielmente um relógio militar dos anos 1930

Os principais elementos e detalhes do relógio original foram mantidos

Por Clara Lemos

Relógio 1858 Monopusher Chronograph Origins LE 100. Foto: Reprodução

A última homenagem da Montblanc à Minerva, manufatura suíça de 1958 que foi adquirida pela empresa mãe da Montblanc,  foi por meio da recriação fiel do relógio militar de 46mm datado de 1930. Tais recriações fiéis são raras no mundo dos relógios. As únicas mudanças entre a edição original e esta recriação são alguns toques modernos, como detalhes em titânio e uma nova gravura.

A remasterização conta com o mostrador preto e ponteiros de ouro rosa iguais ao original, além de algarismos árabes para contar as horas. O símbolo da Minerva foi mantido na nova versão, e acrescentado a logo da Montblanc. A grande surpresa da releitura é a inscrição no interior da capa de trás do relógio, onde está escrito: “Reedição de um cronógrafo militar Minerva da década de 1930 equipado com um calibre feito à mão seguindo a tradição relojoeira suíça”, no idioma em francês.

Um elemento importante acrescentado ao relógio é o detalhe em bronze que envelhecerá com o tempo, trazendo o ar retrô à peça. Seu tamanho de 46mm, que era muito grande para os padrões de relógios militares na época de seu lançamento, continua o mesmo, e é mais consonante com os tamanhos de relógios atuais. O relógio conta com pulseira de couro de crocodilo e é limitado a 100 peças.

Não existem comentários ainda

Comentar

Seu email não será publicado