O renascimento do luxo por Dolce & Gabbana

Grife apresenta novas coleções em Florença em grande estilo

Por Gabriel Moura

Dolce & Gabbanna/ alta moda/ divulgação

Depois da pandemia, o luxo renasceu na Itália, mais precisamente em Florença. O Palazzo Vecchio, sede da prefeitura da cidade e que abriga afrescos do Renascimento e obras de Michelango, foi palco do desfile da grife que apresentou suas novidades para a temporada e marcou a retomada da joalheria nesse novo momento.

O evento homenageou a excelência italiana e as criações do “Fatto a Mano”. As coleções da marca foram inspiradas pelo Renascimento e fizeram o público sonhar, tanto os convidados presentes como o público que acompanhou ao vivo no Instagram da marca.

Dolce & Gabbanna/ alta moda/ divulgação

Segundo Domenico Dolce e Stefano Gabbana, o Renascimento florentino e seus protagonistas são fontes de admiração. As artes, a cultura e o conhecimento alcançaram tal altura nesse período que continuam a ser tidos como modelo de perfeição até hoje.

A coleção de joias foi exposta na Officina Profumo-Farmaceutica di Santa MariaNovella, que existe em Florença desde 1612. Segundo os estilistas, as duas marcas italianas tem em comum o amor pelo “feito à mão”, pela tradição, mas com uma busca constante por inovação.

Na coleção Alta Gioielleria se destacaram itens como um colar e um par de brincos em ouro branco e rosa com turmalinas Paraíba, rubelitas e diamantes, além de um colar em ouro amarelo e branco com diamantes amarelos intensos e incolores e um anel em ouro branco e brincos com diamantes incolores e castanhos. Sonhos que revelam que a joalheria continua transmitindo emoção e beleza.

Não existem comentários ainda

Comentar

Seu email não será publicado