Os contos dos irmãos Grimm são retratados na alta joalheria

Van Cleef & Arpels buscou referência nas fábulas do escritor para criar sua nova coleção

Por Débora Rodrigues

A Van Cleef & Arpels tem buscado inspiração nos livros e feito disso algumas de suas coleções e criações de alta joalheria, que nessa nova temporada têm como referência as fábulas.

Na primeira vez que se dedicou aos livros a casa encarou o desafio de lançar uma coleção baseada em Sonho de Uma Noite de Verão, de Shakespeare. Passou para a história da Arca de Noé e seguiu com o conto de fadas francês Peau d’ ne. Agora, a joalheria dedicou-se à coleção que se chama Quatre Contes de Grimm, com quatro capítulos inspirados por um conto de fadas publicado pelos Irmãos Grimm: Os sapatos usados ​​no baile, O Pássaro Dourado, As três penas e Os músicos de Bremen.

As Doze Princesas Bailarinas de Grimm aparecem como uma coleção de broches, cada um adotando uma pose diferente em seu vestido de baile coberto de pedras preciosas. Uma esconde seu rosto com um leque de diamantes; outra usa uma coroa de esmeralda; sua irmã, um colar de safiras amarelas. Cheios de vida, essas peças juntam-se às procuradas coleções de pequenos bailarinos que a Van Cleef cria desde a década de 1940.

Cada pedra foi cuidadosamente selecionada pelos gemólogos da casa, atenta ao seu peso, à beleza do seu material, à elegância da sua forma, à sua pureza e à sua nuance. Van Cleef & Arpels usa ouro, diamantes, lápis-lazúli, esmeraldas, granadas e pérolas para retratar o conto sobre o rei que descobriu as escapadas noturnas de suas filhas só pelas solas gastas de seus sapatos. Outras partes do capítulo são mais abstratas. As doze princesas são representadas por doze gemas em uma pulseira, enquanto duas magníficas safiras azuis da Birmânia significam o lago que elas cruzariam para chegar ao castelo encantado.

Príncipes e princesas protagonistas de um enredo onde o elenco de apoio é formado por pássaros e animais. Há referências explícitas das fábulas em toda a parte da coleção. No capítulo Pássaro Dourado, alguém espreita para fora de uma gaiola no pingente de um colar, enquanto uma maçã comida pela metade, roubada pelo pássaro na história, é gravada sob uma safira amarela de 20 quilates em um anel de coquetel. As quatro histórias que inspiraram esta coleção pertencem à coleção que Jacob e Wilhelm Grimm publicam em dois volumes, um em 1812 e outro em 1815, sob o título Tales for children and home.

De cascatas de diamantes brancos a gotas de diamantes amarelos desbotados e cor-de-rosa há variedade de cores na Quatre Contes de Grimm. A coleção encanta pela beleza, magia e a estética que só a Van Cleef, juntamente com seu dom inimitável de contar histórias, consegue alcançar como nenhuma outra casa de joias.

Não existem comentários ainda

Comentar

Seu email não será publicado