Primeiros passos para a sua empresa sobreviver ao Coronavírus

Confira as dicas que podem minimizar os danos e fortalecer o seu negócio nessa crise

Da Redação

Empreender não é para os fracos, já sabemos. Uma pandemia, porém, é novidade no mundo. Diante do desafio que a realidade impõe agora não só ao setor joalheiro, mas a economia mundial, vale atentar para algumas medidas que a sua empresa pode tomar desde já.

Confira aqui algumas medidas sugeridas pela Economista-chefe do SPC Brasil, Marcela Kawauti, que podem minimizar os danos e fortalecer o seu negócio durante a crise.

Prorrogação do Simples Nacional:

Foi aprovada a resolução 152 que prorroga o prazo para pagamento dos tributos federais referentes ao Simples Nacional:

Período de Apuração Março de 2020, com vencimento original em 20 de abril de 2020, fica com vencimento para 20 de outubro de 2020;

Período de Apuração Abril de 2020, com vencimento original em 20 de maio de 2020, fica com vencimento para 20 de novembro de 2020; e

Período de Apuração Maio de 2020, com vencimento original em 22 de junho de 2020, fica com vencimento para 21 de dezembro de 2020.

Bancos: prazos de pagamentos estão prorrogados

Vários bancos estão abertos e comprometidos em atender pedidos de prorrogação, por 60 dias, dos vencimentos de dívidas de clientes pessoas físicas e micro e pequenas empresas para contratos vigentes em dia, limitados aos valores já utilizados.

Prepare-se para o aumento da inadimplência

1. Intensifique ao máximo as promoções e descontos no pagamento em dinheiro.

2. Reveja políticas de dívidas e proponha medidas mais flexíveis para que as negociações não parem por completo.

3. Organize uma mecânica de cobrança que siga um cronograma de envio de alertas e comunicados.

4. Pense em novas formas de venda.

5. Inicie ou otimize as vendas online.

6. Estimule a venda de vale compras.

7. Ofereça condições verdadeiramente especiais.

Antecipe férias

Se possível, antecipe as férias dos funcionários ou opte por férias coletivas durante esse período. Assim, os funcionários estarão disponíveis quando a atividade econômica voltar.

Não existem comentários ainda

Comentar

Seu email não será publicado