Relógio de Pablo Picasso vai à leilão

Máquina que pertenceu ao artista deve ser arrematada por mais de US $ 103 milhões

Por Gabriel Moura

Relógio de Pablo Picasso Foto: Reprodução

Relógios que são considerados joias também contam histórias e, dependendo do dono, entram para a história. É o caso de um modelo que pertenceu a Pablo Picasso, que reapareceu como destaque de um leilão que ocorrerá em novembro em Nova Iorque. 

De acordo com os organizadores, a expectativa é que a peça conquiste lances superiores aos US $ 103 milhões oferecido pelo quadro que o artista produziu em 1932 do artista, Mulher sentada perto de uma janela.

A raridade é uma peça de pulso usado por Pablo Picasso e quem tem seu nome completo pintado no mostrador. Cada uma das letras que compõem seu nome foram estrategicamente usadas como marcadores de horas no mostrador prateado.

Pelo que se sabe, em todo o mundo foram feitos apenas três modelos desse relógio. Dois são propriedade da Fundação Picasso e um terceiro será leiloado.

O relógio é um modelo manual, de aço, e foi produzido pelo suíço Michael Z. Berger por volta de 1960. Foi presenteado pessoalmente pelo artista a sua amiga e colega criativa, a falecida escultora grega Lela Kanellopoulou, e foi entregue ao leilão por um de seus parentes.

Embora Picasso possuísse relógios de marcas como Jaeger-le-Coutre e Rolex, os relógios Berger têm um valor adicional, visto que Picasso os usava enquanto pintava.

Não existem comentários ainda

Comentar

Seu email não será publicado