Tecnologia ajudará a rastrear diamantes

A ideia é digitalizar a cadeia de suprimentos, aumentando os níveis de automação e fornecendo maior rastreabilidade

Débora Rodrigues

E tem mais novidade tecnológica voltada a identificar a origem dos diamantes. A MineHub Technologies concluiu o desenvolvimento de uma plataforma de tecnologia que promete trazer eficiência nas operações comerciais e ambientais nas cadeias de suprimentos de mineração e metais, além de melhoria no gerenciamento e o comércio de recursos naturais.

A plataforma pode ser usada por uma ampla variedade de empresas, incluindo grandes mineradoras corporativas. De acordo com a empresa, o mercado global de mineração e metais sofre de ineficiências devido a processos manuais baseados em papel e onde, na maioria das vezes, há falta de transparência entre os participantes da cadeia de suprimentos.

Ao digitalizar a cadeia de suprimentos, aumentando os níveis de automação e fornecendo maior rastreabilidade, espera-se que os usuários dessa nova tecnologia otimizem operações, melhorem as margens de lucro e contribuam para sustentabilidade dos negócios da mineração e fornecimento responsável.

O MineHub permite que seus clientes se beneficiem de várias inovações. Com essa tecnologia é possível que as partes envolvidas na venda, compra, entrega e pagamento de uma carga de minerais trabalhem em um fluxo integrado, compartilhando informações eletrônicas em vez de enviar por correio ou enviar por e-mail documentos em papel sujeitos a interceptação, fraudes e ameaças cibernéticas.

A plataforma ajuda a simplificar essas operações, melhorar as principais eficiências do processo e trazer um novo nível de confiança e transparência, automatizando a captura de dados de proveniência mineral. Esse é um avanço que abrirá o caminho para os relatórios de rastreabilidade de metais como ouro, prata, platina e outros usados na indústria joalheira.

Não existem comentários ainda

Comentar

Seu email não será publicado