“Trabalhe, sirva, seja forte e não encha o saco”

Defendendo esse bordão, o psiquiatra Italo Marsili se tornou fenômeno na internet. Em conversa com Walter Roque Baldi Júnior, diretor da Baldi, ele fala sobre esse conceito e o quanto a cultura do vitimismo atrasa o Brasil. Confira!

Por Cláudia Santana

O Brasil não é para os fracos, mas a vida é sobre isso mesmo. E o melhor que temos a fazer é trabalhar, servir, ser forte e não encher o saco de ninguém. Quem diz isso é Italo Marsili, psiquiatra, empresário, fenômeno na internet e autor de best-sellers. “Passar a vida lamentando te coloca em posição vitimista. Ninguém te deve nada. Você deve tudo aos outros. Quando essa chave vira na nossa cabeça, a gente fica mais produtivo, menos reclamão, passa de fato a cuidar do que a gente deve cuidar e a vida começa a progredir”, explica.

Em conversa com o empresário Walter Roque Baldi Júnior, diretor da Baldi, o médico falou sobre o quanto a cultura do vitimismo apequena o ser humano e influencia negativamente o Brasil. Com mais de um milhão de seguidores no Instagram, ele convoca o público a assumir as responsabilidades pela própria vida.

Pai de 6 filhos, Italo é médico formado pela UFRJ, com residência em Psiquiatria – UFRJ, e autor dos livros “Os 4 mandamentos” e “Terapia de Guerrilha”. É CEO da WRL, maior empresa de desenvolvimento pessoal por assinatura da América Latina, com mais de 70.315 pessoas impactadas. Também é professor de cursos presenciais, contando com mais de 3 mil alunos neste último ano.

Aperte o play e confira esse bate-papo imperdível!

Não existem comentários ainda

Comentar

Seu email não será publicado