5 fatos curiosos sobre diamantes que os seus clientes vão adorar conhecer

Há muito mais por trás dessa gema do sonha o nosso desejo

Gabriel Moura

Se tem uma coisa que agrada o consumidor de joias é saber mais sobre as gemas. Além das propriedades físicas da pedra, a maioria adora conhecer histórias, lendas e curiosidades que estão por trás desses fascinantes objetos de desejo. Confira aqui 7 curiosidades sobre o diamante que os seus clientes vão adorar conhecer!

1. Os diamantes são feitos de um único elemento

Dizem que a simplicidade é o estágio mais elevado da perfeição e no caso dos diamantes essa verdade se aplica. A gema é composta por apenas um único elemento, o carbono. O seu processo de criação acontece cerca de 160 quilômetros abaixo do solo. Essa distância é gigantesca e todos os diamantes que temos acesso foram transportados para a superfície terrestre por meio de erupções vulcânicas.

2. Diamantes são praticamente eternos

A palavra diamante deriva do grego “adamas”, que significa invencível ou indestrutível. E de fato ele é um material muito difícil de ser destruído. Tanto que para lapidá-lo se usa um outro diamante. Durante muitos anos a pedra foi considerada o material mais rígido do planeta. No entanto, a gema perdeu o posto para o grafeno.

3. Os diamantes são quase tão antigos quanto a Terra

A maioria dos diamantes encontrados na natureza tem entre um a três bilhões de anos, sendo que a própria Terra é estimada em 4,5 bilhões de anos de idade. Isso faz com que os diamantes sejam quase tão antigos quanto nosso planeta.

4. O Brasil já foi o maior produtor de diamante do mundo

Sim, nós já fomos líderes na produção de diamantes. Em 1400 a Índia detinha esse posto, quando os diamantes indianos começaram a ficar famosos na Europa. Por volta de 1700 o fornecimento indiano diminuiu e o Brasil se tornou a principal fonte mundial da gema. O país esteve na liderança até 1800, quando a África do Sul despontou nesse cenário. Até hoje a região é líder na produção da gema.

5. O maior diamante do mundo pesava mais de 3 mil quilates

O Cullinan é o maior diamante já descoberto no mundo e pesava absurdos 3106 quilates de uma qualidade excepcional. A gema foi descoberta em 1905 na África do Sul e posteriormente foi dada ao rei Eduardo VIII, do Reino Unido. A pedra foi cortada em nove grandes diamantes e em outros 100 menores. Os três maiores deles estão expostos na Torre de Londres, como parte das joias da coroa.

6. O diamante era usado para se ter força, coragem e proteção

Na antiguidade os diamantes eram tidos como fontes de força, coragem e proteção. Por isso alguns reis usavam a gema em suas armaduras. Os romanos também herdaram a crença da mitologia indiana de que os diamantes tinham o poder de afastar o mal, se usados como talismãs.

7. Diamantes podem ser coloridos

Os diamantes são encontrados em diversas cores. Isso depende dos minerais que estão presentes na sua formação. A cor da gema varia de um amarelo pálido ao incolor, porém ele também pode ser marrom, azul, verde, laranja, vermelho, rosa ou preto.

Não existem comentários ainda

Comentar

Seu email não será publicado