Curiosidades da gema do mês de outubro

Saiba um pouco mais sobre a turmalina, a pedra preciosa do arco-íris descoberta na joalheria pelo artista francês Lalique

Por Erica Mendes

Turmalina bicolor

Reinando no mês de outubro, a gema do arco-íris tem sua maior produção no Brasil, mas teve que atravessar o Atlântico para ser introduzida à alta joalheria. Confira as principais curiosidades sobre a turmalina:

  • É conhecida na região do Mediterrâneo desde a Antiguidade.
  • Foi introduzida na Europa em 1703 pelos holandeses que usavam seus cristais para limpar cachimbos: tem propriedade natural de carregar-se eletricamente, desenvolvendo um polo positivo de um lado do cristal e um polo negativo no outro, atraindo as cinzas que ficam presas no fundo dos cachimbos.
  • Foi reconhecida como um grupo de espécie mineral em 1793, porém, só alcançou seu lugar na alta joalheria no final do século 19 pelas mãos do famoso artista francês, René Lalique, que a elegeu para suas criações mais sofisticadas.
  • É considerada a gema símbolo da tranquilidade, pois suas propriedades magnéticas levam ao relaxamento quando é esfregada nos pontos de tensão com pano de seda.
  • É tida ainda como a gema da fortuna, neutralizando os bloqueios que frequentemente percebemos em nós mesmos.
  • A turmalina negra é indicada como talismã de proteção, pois é considerada a melhor pedra de defesa contra cargas negativas. Ela nasce em bastão, então não absorve energia, ao contrário, a repele, neutralizando a raiva, a inveja, o ressentimento e a insegurança.
Turmalina negra
  • Os alquimistas a associavam à Pedra Filosofal devido a suas qualidades eletrostáticas.
  • É utilizada no apoio ao tratamento do sistema endócrino e no fortalecimento dos dentes e dos ossos.
  • Sua maior produção, tanto gemológica quanto para coleção, ocorre no Brasil, principalmente nos estados de Minas Gerais e Bahia, suprindo o mercado mundial.
  • Seus exemplares brasileiros ocupam posição de destaque no acervo dos maiores museus e nas melhores coleções particulares do mundo.
  • A mais cara das suas variedades é a Paraíba, em homenagem ao estado brasileiro onde foi primeiramente descoberta, em 1989. Néon, fluorescente e elétrica são palavras comumente associadas ao azul e ao verde desta rara gema.  Recentemente, também foi descoberta na África.
Turmalina azul
  • O bandeirante Fernão Dias Paes Leme ficou conhecido na história do Brasil como o ‘caçador de esmeralda’, mas morreu sem saber que, na verdade, tinha encontrada turmalinas verdes no solo do sertão mineiro.
Verdelita
Veja também: A multicolorida turmalina divide o posto de gema do mês de outubro com a opala
Não existem comentários ainda

Comentar

Seu email não será publicado