Confira 5 tendências da Semana de Moda de Paris

Desfiles revelam o que estará em alta na primavera-verão 2021

Por Clara Lemos

A Semana da Moda de Paris 2020 aconteceu de forma virtual, com as grifes gravando seus desfiles em lugares diferentes, como pelas ruas de Paris, em ginásio de esportes ou em telhado de prédio da capital francesa. Confira a seguir as 5 principais tendências apresentadas nos desfiles e um spoiler do que estará em alta na primavera-verão 2021, já adianto que a criatividade artesanal foi bastante ressaltada:

1- O bufante veio com tudo

Nos desfiles de Nina Ricci, Patow, Loewe e Ellery observamos as peças em altas proporções por meio do bufante. Ele esteve presente em mangas, saias e em vestidos inteiros. Sarah Mower da Vogue interpretou as peças como incentivo para as mulheres ocuparem mais espaço no mundo. JW Anderson apelidou a tendência de “armadura poética”.

Loewe Primavera-Verão 2021 (Foto: Divulgação)

2- Minissaia is back

Nos desfiles da Miu Miu, Chanel e Coperni a queridinha minissaia deu as caras para um verão com pernas de fora. A moda juvenil se fez presente com peças que remetem à série Euphoria, segundo estilista da Miu Miu. A peça que representou o “terremoto da juventude” nos anos 60 foi reinterpretada com cores e formas que transmitem otimismo.

Miu Miu Primavera-Verão 2021 (Foto: Divulgação)

3- Alfaiataria libertária

Nos desfiles da Louis Vuitton, The Row e Balenciaga a alfaiataria mais solta que remete à descontração e liberdade estiveram presentes principalmente em calças. O diretor de criação da Louis Vuitton, Nicolas Ghesquière, revelou a preocupação na criação de peças não binárias: “Esta área é destacada por pessoas não binárias, pessoas que estão tendo muita liberdade, se vestindo como querem, e, por sua vez, dando muita liberdade a todos nós. Achei inspirador explorar quais são os itens que representam esse guarda-roupa que não é feminino, nem masculino. Eu quis focar nessa seção intermediária. ”

Louis Vuitton Primavera-Verão 2021 (Foto: Divulgação)

4- Inspiração em Langerie

Nos desfiles de Paco Rabanne, Balenciaga e Kwaidan Editions pudemos observar detalhes de rendas que remetem à langerie parisiense clássica, de outra época, e a junção com traços contemporâneos, criando para as peças novas possibilidades. Demna Gvasalia, da Balenciaga, revelou à Vogue que “93,5% dos materiais simples nesta coleção são certificados como sustentáveis ​​ou reciclados. 100% das bases de estampas têm certificações sustentáveis ​​”. O diretor criativo da marca pontuou que o futuro da moda será sustentável.

Balenciaga Primavera-Verão 2021 (Foto: Divulgação)

5- Arrastão em alta

Nos desfiles da Dries Von Noten, Hermès e Balenciaga vimos o arrastão que alude à felicidade das férias na praia, uma vez que o tecido remete à “rede de pesca”. Ele esteve presente em blusas, vestidos e saias.

Dries Von Noten Primavera-Verão 2021 (Foto: Divulgação)
Não existem comentários ainda

Comentar

Seu email não será publicado