Conheça as pedras mais bem avaliadas do mundo

Rômulo Silva/ Tricurioso

Não é preciso pesquisar muito para saber que as pedras preciosas sempre foram objetos de luxo bastante cobiçados e caros. Muitas vezes adoradas por supostamente possuírem poderes misteriosos e sendo usadas em jóias e acessórios, essas preciosidades agregam valores que só tendem a aumentar no mercado, tornando-as investimentos incrivelmente valiosos para o futuro.

Cada uma das pedras preciosas existentes apresenta certas propriedades únicas que a torna valiosa à sua maneira. Mas o fato é que algumas delas são extremamente raras, podendo ser encontradas apenas em locais bastante específicos. Como resultado, elas também tendem a ser super caras.

Se você já se perguntou quais são as pedras preciosas mais caras atualmente no mercado, aqui está uma lista, classificada em ordem crescente, com seus preços por quilate. Você vai ver que o preço a se pagar para ostentar essas pedras pode ser bem mais alto do que muita gente imagina. Confira!

7. Musgravite (US $ 35 mil por quilate)

Essa gema de alto valor foi originalmente descoberta na região de Musgrave, na Austrália, em meados de 1967. O preço alto da musgravite está intimamente ligado à sua raridade. Para se ter uma ideia, até o ano de 2005, apenas oito dessas gemas haviam sido extraídas, tornando-a uma das pedras preciosas mais raras do mundo.

A sua cor varia de um tom acinzentado para um roxo claro e se parece muito com outra pedra, a taaffeite. De fato, ambas apresentam semelhanças tão grandes que a única maneira de diferenciá-las é através de um processo chamado “espectroscopia Raman”. Elas também são algumas das pedras mais duras encontradas no nosso planeta.

6. Alexandrita (US $ 70 mil por quilate)

Esta pedra preciosa é um caso especial. Todas as outras gemas mencionados nesta lista são conhecidas por suas cores distintas, mas o que mais chama a atenção nesta pedra é que ela é um verdadeiro camaleão, no sentido de poder mudar de cor. É por causa dessa habilidade que essa pedra virou alvo de uma brincadeira que diz que ela é uma esmeralda de dia e um rubi de noite.

Esta pedra foi descoberta pela primeira vez em 1830 nas cordilheiras dos montes Urais, na Rússia. No entanto, ela também pode ser encontrada na África Oriental, no Sri Lanka e até mesmo no Brasil, embora seja excepcionalmente rara.

5. Esmeralda (US $ 350 mil por quilate)

As esmeraldas são bastante populares e podem ser encontradas em quatro continentes diferentes. Então, por que elas são tão caras? Bem, isso ocorre porque a maioria das esmeraldas prontamente disponíveis no mercado contém algumas imperfeições. Como resultado, as poucas pedras raras que são completamente livres de falhas são vendidas a preços bastante altos.

A famosa Esmeralda Rockefeller, por exemplo, foi leiloada pela Christie’s, uma das empresas de arte mais importantes do mundo, por US $ 5,5 milhões. Originalmente usada por J.D. Rockefeller para presentear sua esposa, ela foi vendida pela família anos mais tarde.

4. Ruby (US $ 1,18 milhão por quilate)

Os rubis são algumas das pedras preciosas mais conhecidas e estão disponíveis em várias cores, variando desde o rosa ao vermelho escuro. De fato, os povos antigos eram atraídos por essas cores vivas e acreditavam que a pedra representava o sangue, o que lhe conferia propriedades místicas.

Embora a sociedade ocidental atual não compartilhe mais essa crença, parece que a pedra ainda tem o seu próprio mundo encantado. Um rubi em particular chamado “Sunrise Ruby”, em homenagem a um poema de Rumi, arrecadou mais de US $ 30 milhões em um leilão em Genebra. Esse rubi birmanês super raro tinha 26 quilates, fazendo com que o preço por quilate ultrapassasse a marca de um milhão de dólares.

3. Diamante rosa (US $ 1,19 milhão por quilate)

 

O diamante rosa é apenas um pouco mais caro que o rubi. No entanto, quando se trata do mundo dos diamantes, o rosa é ainda mais raro. Outro fato curioso com relação a essa pedra preciosa é fato de que, assim como os diamantes mais comuns, o diamante rosa também pode ser internamente perfeito ou não.

No entanto, existe apenas um diamante rosa que foi considerado completamente impecável. Ele é comumente chamado de “Pink Star” e foi vendido por mais de US $ 70 milhões em um leilão realizado em Hong Kong. Ah, a propósito, Pink Diamond também é o nome de um diamante antropomórfico no desenho do Steven Universe!

2. Jadeíta (US $ 3 milhões por quilate)

 

A Jadeíta, como o seu próprio nome já sugere, é uma das pedras preciosas da família Jade. Disponível em várias tonalidades diferentes, ela pode ser encontrada com detalhes nas cores vermelha e preta, mas são as jadeítas verdes as que são mais conhecidas. Em termos mais técnicos, é o tom especial de verde esmeralda semitransparente o principal detalhe que atrai a atenção da maioria dos entusiastas de pedras preciosas.

Conhecida como “jade imperial”, esta pedra preciosa era o centro de grande destaque na cultura chinesa. Para se ter uma ideia, um colar que continha 27 pedras de jadeíta foi vendido à empresa francesa de artigos de luxo Cartier por incríveis US $ 27,44 milhões, um valor que por si só já mostra o quão rara, apreciada e valiosa é a jadeíta.

1. Diamante azul (US $ 3,9 milhões por quilate)

Um diamante azul tem todas as propriedades dos outros diamantes, embora seja azul, como o seu próprio nome já diz. No entanto, sua raridade transforma esse tipo de diamante em um dos mais procurados em leilões de jóias. Na verdade, os diamantes azuis são tão raros que eles já chegaram a traçar sua própria história e folclore.

Por exemplo, há o famoso “Diamante Hope” que supostamente é amaldiçoado. Além desse, existe também o famoso “Heart of Eternity”, que foi encontrado na África do Sul. Por último, mas não menos importante, há o Oppenheimer Blue Diamond, que faturou a incrível cifra de US $ 58 milhões em um leilão, consequentemente detendo o recorde de ser o diamante mais caro já vendido na história!

Não existem comentários ainda

Comentar

Seu email não será publicado