Fórum analisa impacto da tecnologia 3D na indústria de joias

A tecnologia oferece cada vez mais recursos para colocar as joias mais próximas do consumidor

Gabriel Moura

Especialistas do setor se reuniram em um fórum durante o evento Hong Kong International Jewellery para discutir como a nova tecnologia está mudando diferentes aspectos da indústria de joias, incluindo design, manufatura, marketing e varejo, e o que as tendências indicam para a próxima década. Falando no seminário, Thomas Ng, Membro Principal da Associação Internacional de Profissionais de Planejamento de Joalheria e representante da produtora de software francesa 3DESIGN explicou que as aplicações CAD e CAM só ganharam uma posição importante na indústria de joias a partir de 2013. ”Quebramos a barreira da distância, pois esses programas permitem que se conclua um projeto em uma hora em vez de 10 dez dias e seja imediatamente liberado em todo o mundo ”, acrescentou Thomas Ng.

Robin Wang, co-fundador da Jiangsu Totus Technology Co. Ltd, explicou: “No nível industrial, o desenvolvimento avançado da impressão 3D na indústria de joias beneficiou amplamente os joalheiros nas áreas de produção de protótipos e produção em massa. O principal benefício é produção rápida”, disse ele, acrescentando que as novas tecnologias de impressão reduziram o ciclo de fabricação, permitindo maior precisão e resultando em tempos de entrega mais rápidos.

Além disso, Andrew Loo, fundador da La Salle de Fabrication, disse o seminário audiência que sua empresa de fabricação desenvolveu um aplicativo móvel personalizado, que permite aos consumidores projetar sua própria joalheria acessível e exclusiva.

Li Sha, diretor de operações da Tencent Smart Retail, explicou como a companhia usa inteligência artificial (IA) e big data para ajudar joalherias individuais e redes varejistas a desenvolver um negócio inteligente, com uma variedade de ferramentas que facilitam as vendas, incluindo pagamento WeChat, verificação de código QR e tecnologia de reconhecimento facial.

A Tencent também pode ajudar pequenos varejistas a desenvolver mini-aplicativos e usar a plataforma WeChat para se conectar com seus membros, oferecendo promoções online para combinar os negócios on-line e off-line do varejista, acrescentou. Com isso, a tecnologia tem sido uma facilitadora dentro da indústria joalheira, que conta com cada vez mais recursos para colocar as joias mais próximas do consumidor.

Não existem comentários ainda

Comentar

Seu email não será publicado