Jaeger-LeCoultre celebra parceria com o Festival Internacional de Cinema de Xangai

Estratégia da marca é se aproximar cada vez mais do público oriental

Da Redação

No dia 15 de junho de 2019, a marca suíça de relojoaria Jaeger-LeCoultre celebrará sua parceria com o 22º Festival Internacional de Cinema de Xangai, com um jantar beneficente no West Bund Art Center e doará um relógio personalizado para um leilão público, em apoio à restauração de filmes clássicos chineses. Na busca de sofisticação técnica e artística, a Jaeger-LeCoultre se inspira na natureza pacífica, colocando seu coração e sua alma na arte do tempo. Esta edição marca nove anos de envolvimento entre a Jaeger-LeCoultre e o Festival Internacional de Cinema de Xangai, além de uma homenagem ao cinema, que oferecerá uma experiência artística para todos os convidados de honra de todo o mundo.

Os mestres relojoeiros da Manufatura são profundamente influenciados e inspirados pelo mundo da natureza, artisticamente combinando esmaltação, gravura, aplicação de pedras preciosas e guilhochê preservados pelo Artesanato Raro da Manufatura (“Métiers Rares®”), para alcançar um equilíbrio entre a natureza e a relojoaria.

As explorações da Jaeger-LeCoultre na alta relojoaria vieram de uma tradição da precisão que é compartilhada pelo mundo cinematográfico. Cada relógio doado para os leilões beneficentes nos últimos anos representa o apreço da Jaeger-LeCoultre pela arte do cinema, bem como uma contribuição para ela. Cada clássico filme chinês restaurado ilustra a paixão e dedicação da Jaeger-LeCoultre à arte do tempo.

Este ano, o ‘Rendez-Vous Moon Medium Tribute to Cinema Unique Piece SIFF 2019’ para o leilão de caridade do Gala é decorado com 107 diamantes elegantes e discretos nas extremidades e no mostrador, uma caixa feita em ouro rosa, aplicação de marcadores de hora em ouro rosa e um mostrador de guilhochê prateado. A fase da lua exibida às 6 horas tem uma nova expressão feminina da lua, com uma lua dourada polida e estrelas em um céu vermelho envernizado. Por baixo, a nuvem também é feita em guilhochê. Os números aplicados em ouro rosa são fiéis aos códigos de design do Rendez-Vous.

Nos últimos nove anos, em colaboração com o Festival Internacional de Cinema de Xangai, a Jaeger-LeCoultre restaurou dezenas de clássicos chineses. Tanto a restauração de filmes quanto a relojoaria exigem paciência e precisão dos artistas, bem como concentração na sofisticação técnica com sutileza estética. Não importa quanto tempo leve para restaurar o “tempo” e indicar “tempo”, a boa relojoaria da Jaeger-LeCoultre se esforça para ultrapassar os limites da precisão.

Este ano, o Prêmio “Glory to the Filmmaker Award” da Jaeger-LeCoultre fará a sua segunda aparição no Festival Internacional de Cinema de Xangai, para apoiar continuamente o crescimento da indústria cinematográfica chinesa e homenagear artistas que contribuíram grandemente para o desenvolvimento da produção cinematográfica. Como parceira do Festival Internacional de Cinema de Xangai, a Jaeger-LeCoultre irá se juntar aos cineastas chineses para escrever um novo capítulo na história do cinema.

Não existem comentários ainda

Comentar

Seu email não será publicado