Joalheria recebe patente para evitar falsificações

O certificado sanciona a originalidade da invenção

Débora Rodrigues

A Picchiotti, marca italiana de joias finas, acaba de receber uma patente rara no mundo das joias. O certificado assegura que a tecnologia desenvolvida pela empresa que possibilita o estiramento de peças da coleção “Xpandable”, é uma inovação protegida por 20 anos e que não pode ser copiada ou falsificada.

Originalmente lançada em 2016, a coleção Xpandable consiste em anéis e pulseiras que se expandem e se contraem, oferecendo aos clientes um ajuste confortável, sem preocupação com o dimensionamento preciso dos anéis, principalmente porque os dedos podem mudar de tamanho. E as pulseiras também são adaptáveis, pois podem ser usadas sem um fecho.

O presidente e fundador da marca, Giuseppe Picchiotti, disse que com a patente de joias obtida nos EUA, a empresa se sente protegida e premiada, pois é algo raro de ser obtido. “Sabíamos desde o começo que a proposta dessa tecnologia era especial e que garantiria conforto duradouro para nossos clientes”, afirmou ele. “A patente agora sanciona a originalidade de nossa invenção e garante que os clientes das peças consideradas Xpandable possam ter certeza de que estão adquirindo uma genuína criação Picchiotti”.

A coleção Xpandable foi lançada com dezenas de estilos, mas agora vem em mais de 200 variações, repletas de diamantes e pedras preciosas. As peças se encontram disponíveis na Europa e também em grandes redes varejistas dos Estados Unidos, além de outras joalherias internacionais.

Não existem comentários ainda

Comentar

Seu email não será publicado