Joalheria responsável será tema de evento mundial

A proposta é unir sob uma bandeira única o setor em prol da produção mais ética e responsável

Por Gabriel Moura

Varejistas do mercado de joias, designers e fornecedores do mundo inteiro estão sendo convidados a participar do Goldflair, um evento que acontecerá em comemoração à joalheria responsável, em novembro. Organizado por Ian Nicholson, joalheiro, ourives e diretor administrativo da Oficina de Metais Preciosos de Edimburgo, a comemoração será patrocinada pela casa de joias de luxo Hamilton & Inches.

O ouro, a prata e a platina serão algumas das principais estrelas da noite. Ali, o objetivo é arrecadar dinheiro para os programas de mineração artesanal desses metais – Fairtrade, Fairmined e Dragonfly Initiative -, ajudando a melhorar as condições de trabalho das comunidades que vivem de mineração artesanal.

Ian Nicholson declarou a imprensa: “Vi as condições em que o ouro que usamos na joalheria é gerado em países em desenvolvimento e há extrema pobreza. No entanto, estou otimista com organizações ajudando na mineração artesanal”. Segundo ele, há uma força cada vez maior no movimento que prega a joalheria responsável com a realização de simpósios éticos, eventos como o Goldflair e a implantação do ouro rastreável. “As empresas precisam se unir sob uma bandeira única e responsável e fazer o que puder para minimizar os problemas de exploração que existem em nossas cadeias de suprimentos”.

Ele ainda avalia que eventos como a Goldflair não mudarão esse cenário de imediato, mas ajudará a “continuar abordando essas questões, mantendo a conversa viva, trazendo uma mudança positiva e devolvendo àqueles que mais precisam.”

Não existem comentários ainda

Comentar

Seu email não será publicado