Mais um estudo comprova que as vendas de joias de platina está crescendo no mundo

Em 2018 o metal ganhou força e deve crescer nesse ano

Débora Rodrigues

É fato: as joias cada vez mais estão ostentando o brilho suave e acetinado da platina. A demanda por joias com o metal cresceu mundialmente em 2018 e devem manter o ritmo de expansão. É o que releva o novo relatório da Platinum Guild International (PGI), qua indica ainda que os consumidores mais jovens e compradores do sexo masculino estão entre os públicos que mais têm escolhido a platina como o metal para os seus adornos.

As vendas entre os membros varejistas da PGI cresceram 11% em meio a um forte aumento na categoria de noivas e devido ao uso bem-sucedido de celebridades na publicidade, disse a organização. A expectativa da entidade é que as vendas para 2019 devem aumentar de 8% a 10%, com o crescimento desacelerando ligeiramente devido à incerteza do mercado e à volatilidade à luz da guerra comercial EUA-China.

Um dos mercados que mais reagiram e tiveram aumento de vendas foi a Índia com registro de crescimento de 19%, principalmente com joias de casamento e também de uma nova tendência de auto-compra, predominante entre os consumidores mais jovens. As compras continuarão subindo de 15% a 20% em 2019 e as joias masculinas ganham popularidade no país.

A demanda no Japão também aumentou 1% em 2018, impulsionada pelo maior peso médio por peça de joalheria vendida, o que superou o declínio no número de peças compradas. Marcas internacionais como a Tiffany & Co. tiveram o maior crescimento, com consumidores e homens jovens respondendo a campanhas de influência e celebridades. As compras na China caíram 7%, já que mais consumidores de joias de noiva compraram ouro de 18 quilates, acrescentou a PGI.

Saiba mais: Entenda porque o mercado de joias de platina está em ascensão

Não existem comentários ainda

Comentar

Seu email não será publicado