Por que a inteligência emocional torna os líderes melhores

Entenda as razões que estão por trás desse conceito

Por Gabriel Moura

Tempos de crise revelam os bons líderes. Por trás deles, entre outras competências, está a inteligência emocional, segundo especialistas em comportamento humano. Através dessa ferramenta o empresário tem mais chances de se comunicar e motivar a sua equipe.

Segundo  estudo realizado pela Harvard Business Review Analytic Services, 38% das empresas que contam com gestores emocionalmente inteligentes têm relacionamentos significativamente mais fortes com seus clientes . A seguir, confira três razões que justificam por que vale a pena investir nesse campo:

1. Crescer pessoal e profissionalmente

A inteligência emocional conduz ao autoconhecimento, possibilita uma visão honesta de si mesmo. Com isso o líder tem mais facilidade para identificar seus pontos fortes e fracos e fazer as mudanças necessárias para o seu crescimento.

2. Tomar melhores decisões

Ao desenvolver a inteligência emocional, conseguimos gerenciar as emoções e, desse modo, tomar decisões de maneira mais ponderada, equilibrada e analítica.

3. Comunicar-se com profundidade

A inteligência emocional aumenta sua tendência a fazer perguntas abertas, a se envolver com a escuta ativa e a reconhecer seus erros. Também reduz a tendência a responder a situações impulsivamente.

Não existem comentários ainda

Comentar

Seu email não será publicado