Setor joalheiro atualiza Código de Práticas da indústria

Prata e diamantes produzidos em laboratório receberam atenção especial

Débora Rodrigues

O consumidor mudou, o mercado foi obrigado a mudar e, agora, os padrões do setor joalheiro estão se atualizando. O Conselho de Joalheria Responsável (RJC) atualizou seu Código de Práticas para incluir joias de prata e diamantes feitos em laboratório. Dessa forma, foi expandido o alcance da organização em determinar padrões que precisam ser seguidos e observados dentro da indústria joalheira mundial.

O código, que define normas de atividade e de responsabilidade social para a indústria, também define novos requisitos para a detecção de diamantes produzidos em laboratório, conforme anunciou o grupo. Além disso, o Conselho de Joalheria Responsável alinhou totalmente seus protocolos com os da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), um movimento que as partes interessadas do setor têm pressionado há algum tempo, como argumenta o RJC desde 2018.

“Os requisitos para normalizar as atividade de um código de práticas mostram um compromisso real com a orientação da OCDE”, disse Tyler Gillard, gerente de projetos setoriais e unidade responsável de conduta empresarial da entidade. “A provisão e sua orientação acompanham, pela primeira vez, uma abrangente abordagem de devida diligência sob medida para as cadeias de fornecimento de diamantes e pedras preciosas coloridas.”

A atualização dentro do setor para assimilar as normas segue um período colaborativo de consultoria de 18 meses durante o qual o RJC discutiu mudanças propostas com seus membros, organizações da sociedade civil e órgãos líderes de padrões globais. Os membros do RJC terão até abril de 2020 para certificar suas práticas de acordo com as novas diretrizes.

“Eu encorajo todos os membros da indústria de joias a aumentar seus esforços para garantir que esses padrões sejam implementados de forma significativa o mais rápido possível em toda a cadeia”, acrescentou Gillard.

 

Não existem comentários ainda

Comentar

Seu email não será publicado