Tendências: como identificá-las?

Especialista explica que o segredo é observar a repetição de padrões em diferentes segmentos

Já falamos aqui no Portal FENINJER sobre como as macrotendências comportamentais influenciam na realização de negócios. Quando bem interpretadas e aplicadas, elas podem gerar inúmeras vantagens de curto, médio e longo prazo às empresas. Agora é a vez do consultor e jornalista de moda Jorge Grimberg explicar como as tendências se espalham.
Segundo ele, não é algo que você aponte e diga ‘esse é o momento em que isso acontece’.

“É uma leitura de ideias, comportamentos e estéticas que se repetem como um padrão ao redor do mundo, em diferentes segmentos”, explica.
Com o fenômeno das redes sociais, em especial Instagram e Pinterest, e a aceleração digital, ele também pontua que “a disseminação de uma ideia acontece cada vez mais rápido”.

Apesar de poder dispor da expertise de profissionais e bureaus especializados nesta ‘tradução’ das tendências, é muito importante que, em paralelo, os empresários e suas respectivas equipes também tenham um olhar, minimamente treinado, para identificar o que está acontecendo a sua volta. Esse exercício, quase que diário, ajuda não só nos insights para ações inovadoras quanto na seleção de produtos para compra, na decoração de vitrine, na elaboração de catálogos, anuncios, post´s, etc.

Diante disto, Grimberg dá alguns exemplos de como treinar o olhar para a observação e o registro disciplinado de acontecimentos e fenômenos:

Digital Reality

“Os visuais dos universos digitais cativaram a nossa imaginação durante a pandemia. Agora os consumidores estão conduzindo suas vidas em espaços reais novamente, surge o desejo por roupas e produtos que capturem essa magia digital”, destaca o profissional.

Imagem: @jorgegrimberg

Bright Lights

“A expressão criativa sem limites está em pauta. Esse espírito transgressor se manifesta em cores energéticas, padrões alucinógenos e formas experimentais na busca incessante pelo novo. Esse movimento sugere o oporto da moda confortável que reinou durante a pandemia”, explica o consultor.

Imagem: @jorgegrimberg

Neo Otimismo

“Um clima otimista toma conta da geração z, com emojis com simbolos de paz e amor, colagens com elementos como laços e flores, ou broches decorativos usados sem regras. A ideia é, literalmente, se divertir e recuperar a alegria de viver por meio de cores e símbolos”.

Imagem: @jorgegrimberg

Euphoria Now

“Em 2022, a TV passou a influenciar a moda até mais do que as passarelas. Com a volta das ruas e dos festivais, o estilo das personagens da série Euphoria transformou a moda da geração z. Da beleza às modelagens, os códigos do show estão por todas as partes”, finaliza Grimberg.

Imagem: @jorgegrimberg
Não existem comentários ainda

Comentar

Seu email não será publicado